sábado, 7 de setembro de 2013

[Opinião] Férias! - Marian Keyes


Editora: Bertrand Brasil (grupo editorial record, caramba... quantas ramificações essa editora tem??)
N° de Páginas: 544
Sinopse:
  Rachel Walsh tem 27 anos e a grande mágoa de calçar 40. Ela namora Luke Costello, um homem que usa calças de couro justas. E é amiga - pode-se mesmo dizer muy amiga - de drogas. Até que a sua vida vai para o Claustro - a versão irlandesa da Clínica Betty Ford. Ela fica uma fera. Afinal, não é magra o bastante para ser uma toxicômana, certo? Mas, olhando para o lado positivo das coisas, esses centros de reabilitação são cheios de banheiras de hidromassagem, academia e artistas semifissurados (ao menos ela assim ouviu dizer). De mais a mais, bem que já está mesmo na hora de tirar umas feriazinhas. Rachel encontra mais homens de meia-idade usando suéteres marrons e sessões de terapia em grupo do que poderia supor a sua vã filosofia. E o pior é que parecem esperar que ela entre no esquema! Mas quem quer abrir as janelas da alma, quando a vista está longe de ser espetacular? Cheia de dor-de-cotovelo (o nome do cotovelo é Luke), ela busca salvação em Chris, um Homem com um Passado. Um homem que pode dar mais trabalho do que vale... Rachel é levada da dependência química para o terreno desconhecido da maturidade, passando por uma ou duas histórias de amor, neste romance que é, a um tempo, comovente, forte e muito, muito engraçado.

Opinião:
  Gostei muito mais desse do que de Melancia (e eu já tinha gostado de Melancia), pra quem não sabe, Melancia foi o grande sucesso de Marian Keyes, e se não me engano seu primeiro livro.
  Ele conta a história da Rachel, aquela que, em Melancia não aparece mas é a dona do quarto no qual você ficaria hospedado se fosse a casa da família Walsh em Dublin, segundo Claire. Rachel mora em NY e é viciada em drogas, mesmo não admitindo (será que algum viciado admite?) e quando tudo passa dos limites ela volta a Dublin e é internada em um centro de reabilitação e passa boa parte da história lá... com muito custo ela reconhece ser uma viciada e a partir daí ela começa a se recuperar, lenta e penosamente.
  Vamos ao motivo de porquê eu gostei mais desse do que de Melancia... primeiro porque diferente de Melancia, nesse caso o título tinha algo a ver com a história, não que isso torne a história melhor ou pior, mas em Melancia eu fiquei grande parte do tempo tentando encachar a dita melancia na história, outro fato que torna esse melhor que aquele é porque... eu, especificamente, não sou um grande fã de romances... e enquanto o foco principal do Melancia é romance... do Férias é a recuperação da protagonista, claro que tem romance nele também mas a história não é focada nisso... 
  Uma coisa que me incomodou em ambos foi o linguajar um pouco pesado da autora... eu sei que essa linguagem foi usada simplesmente para dar uma alavancada na parte cômica da história mas em alguns casos elas não conseguem deixar a frase engraçada e são bem desnecessárias...
  Mas ambas as histórias também são muito engraçadas, mas a segunda dá muito mais conteúdo para refletir... a primeira também têm seus momentos... eu não anotei nenhuma citação desse mas do Melancia tem uma frase, que não é inédita mas, que eu gostei e que diz:
 "Ninguém sabe o quanto é forte até precisar ser"
  Ele deve ser lido depois do Melancia, até porque a história se passa depois da história de Melancia e como a Claire também aparece nele estragaria uma das maiores surpresas do primeiro livro... na verdade é uma sequência de livros chamada, se não me engano de Family Walsh, acho que o próximo livro dessa série é Los Angeles e conta a história de outra irmã (acredito que da Margaret) e depois acredito que venha Tem Alguém Aí? que conta a história de outra (Anna ou Helen, sabe Deus) e realmente é muito bom ler as histórias dela, apesar do linguajar pesado em alguns momentos e pelo fato de ela especificar demais coisas que, paras mim, que sou homem, fica desagradável.

  Mas é isso... se vocês querem uma boa história pra refletir e dar muitas risadas recomendo veemente que leiam Férias (eu tava pensando em fazer um sorteio desse livro aqui no blog mas acho que não... pelo menos não agora)

Um comentário:

  1. Li várias resenhas sobre esse livro e fiquei bastante curiosa.
    Espero pelo sorteio! :)

    ResponderExcluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...