domingo, 1 de março de 2015

Lidos em Fevereiro de 2015 (Livros, HQs, Mangás, Folhetos, Placas Whatever)

 Oi, oi, oi meu povo, estou tão feliz que minha internet está pegando e vou poder deixar umas 5 ou 6 postagens programadas porque que né... isso tá sendo raro ultimamente, por isso que ando sumido dos blogs que costumo acompanhar, na verdade até vejo eles e leio as postagens, mas normalmente é quando estou no serviço e aí eu não entro no perfil do Google pra comentar nem nada, mas eu continuo lendo. (quando meu patrão não está por perto).
  Enfim... Esse mês eu "li" 6 livros (você já vai entender o motivo das aspas)
Só lembrando, caso queira ver minha opinião sobre determinado livro é só clicar na foto do mesmo.

  Comecei Janeiro lendo Stephen King, e comecei Fevereiro lendo Misery, também do Stephen King, e só pra continuar com a tradição, começamos Março e adivinha o que estou lendo? (ou olha na janelinha do Skoob aí do lado que nem precisa adivinhar), Misery foi uma agradável surpresa pra mim, mesmo me considerando um "leitor veterano" do autor ele continua me surpreendendo a cada livro e mostrando porque ele é chamado de mestre.

  O segundo livro do mês foi o Segundo Eu Me Chamo Antônio, do Pedro Gabriel (sim, o primeiro "segundo" foi posto intencionalmente para se relacionar com o segundo) Gostei bem mais do que do primeiro e acho que ele vai conquistar muita gente que não curtiu seu antecessor.

  Em seguida veio o motivo das aspas lá de cima, Ache Momo, do Andrew Knapp, é até bonitinho, tem fotos bonitas, mas não é lá muito interessante e muito menos desafiador, sinceramente acho que foi um desperdício de papel e tinta (e dinheiro, óbvio).

  O quarto livro do mês foi Put Some Farofa do Gregorio Duvivier, e apesar de ele ter me arrancado boas risadas ele não acrescentou praticamente nada à minha vida, até gostei do livro, mas não teria me feito falta se eu não o tivesse lido.

  Então resolvi partir para um livro mais gordinho, e como li vergonhosamente poucos do Sidney Sheldon resolvi pegar Se Houver Amanhã, os livros do Sidney tem nomes que os fazem parecer romances de banca, e alguns até uns atracamentos acontecimentos que lembram esse tipo de livro, mas apesar disso eles são muito bons, densos e envolventes, e esse não foi diferente, foi até melhor que alguns outros dele que já li.

  Então li O Planeta dos Macacos, do Pierre Boulle, clássico da ficção científica e blableblu e... não é que eu gostei desse negócio!? Tá que eu penei pra chegar na páginas 60 e pensava em abandonar o livro a cada 5 páginas, mais ou menos, depois que aparecem os primeiros macacos a história flui que é uma beleza, curti demais e agora quero ler mais e mais ficção científica.

◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘◘ ← Se você não entendeu eu quis dizer que agora vou falar dos quadrinhos ;p

  Virei o mês terminando o volume 15 dos X-men, e apesar de ter ficado meio revoltado por ter sido enganado pela capa foi um dos melhores desde O Cisma.

  Depois li o incrível Os Fabulosos X-men: A Saga Da Fênix Negra e conhecendo a história assim até que não parece tão absurdo a fênix que criaram no terceiro filme dos mutantes, não tem muito a ver mas enfim... na história a Jean também tem uma parte dos poderes bloqueados telepaticamente e no começo eles realmente acham que é uma personalidade maluca da Jean que está fazendo tudo aquilo.

  Li também o trigésimo volume da revista do Lanterna Verde, e embora não se compare à época que tínhamos Geoff Jhons como roteirista, é legal... e tá melhorando de umas edições pra cá.

    E, por fim, li Astronauta: Singularidade, continuação de Magnetar, do Danilo Beyruth, é melhor do que o primeiro e simplesmente incrível, está loge de estar entre os meus favoritos da Graphic MSP mas é muito bom.


  Li o nono volume de Btooom! e tá incrível minha gente, não vejo a hora de ler o próximo.


  Depois li os dois volumes de All You Need Is Kill, não vou comentar sobre eles porque vou fazer um post específico.

  E terminei o mês lendo B.B. Project, o qual também não vou comentar porque vou fazer um post só pra ele quando eu terminar a série.

E vocês? o que leram em Fevereiro? me conta aí nos comentários...

8 comentários:

  1. Hahaha, ainda não me conformo com "Ache o Momo", um livro e tanto hein?! Bom, mas de resto eu gostei das tuas leituras, principalmente a do Sidney, que por favor, eu tenho que tomar vergonha na cara e ler um.
    Nesse mês eu li "Entre Quatro Poderes", " Andarilho das Sombras - Eduardo Kasse", "O Restaurante no Fim do Universo" e estou lendo "A Guerra dos Tronos".
    Um grande abraço e não deixe de conferir o super sorteio lá no blog: http://goo.gl/ydeGWn

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo menos as fotos eram bonitas,
      Sidney Sheldon é incrível, apesar do fato de que antes mesmo de você pegar um livro dele já terá viagens pelo mundo, uma mulher como protagonista e muito dinheiro...
      Hoje minha internet está mais ou menos decente, então vou conseguir, finalmente participar dos sorteios que estão rolando aí, tem um no blog da Nina que quero participar também...

      Excluir
  2. Oi, Rudi.
    Se houver amanhã foi o melhor livro do autor que li. Realmente os nomes parecem romances e isso me dá uma certa raiva porque não suporto romances e nem nada próximo disso. Mas o autor sempre me surpreende. Desejo ler Misery e alguns tantos outros do autor hahaha.
    Sua lista está recheada este mês. Vergonhosamente, nem sei quantos li, mas foram poucos.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 3 ganhadores e você escolhe o livro que deseja ganhar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu ainda prefiro A Herdeira, sei como se sente, venho dando mais espaço para os romances mas está muito longe de ser um gênero que e atraia...
      Stephen King é incrível e quero ler absolutamente tudo que ele publicar...

      Minha internet não está me ajudando muito a participar desses tops comentaristas... mas vou tentar

      Excluir
  3. Oi, Rudi! Nossa, você leu bastante coisa em fevereiro, né? Eu achava que Ache Momo fosse ótimo, mas vejo que me enganei... Esses quadrinhos dos X-Men parecem ser ótimos! Essa é mesmo a Supergirl na capa de Lanterna Verde #30? O.o Ah, quero muito ler Astronauta: Singularidade! *-* Morto com a foto das mangas e ansioso para ler sua opinião sobre esses mangás de All You Need Is Kill!

    PS: Em fevereiro eu li 3 livros: Dores e Amores, Rani e o Sino da Divisão e I Love New York!

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tony,
      queria tanto voltar aos meus 9 livros mensais :/ Ache Momo tem belas fotos, mas como comprei pra procurar o cachorro e nem se pode dizer que ele está escondido nas fotos me decepcionei... X-men é vida meu filho u.u
      e sim, é a Supergirl mas não fala como ela se tornou um agente cósmico da ira, acho que só na próxima edição

      Excluir
  4. Caracas, Rudi! Você lê demais!
    aaah.. misery é demais! e quantos quadrinhos.

    gabryel fellipe - quimeras mirabolantes
    preciso voltar pra literatura :'(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Misery = ♥
      tinha uma época em que eu lia bem mais quadrinhos....
      precisa realmente voltar pra literatura u.u

      Excluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...