domingo, 20 de dezembro de 2015

[Opinião] Poder Absoluto - David Baldacci

Editora: >Arqueiro>

Nº de Páginas: 379

Citação:

Como muitos policiais, ele achava que a justiça criminal pendia a favor do réu. Com frequência lhe parecia que o fato de de que alguém de fato havia violado a lei ficava perdido no meio de todo o processo, com suas transações complicadas, armadilhas técnicas e advogados de defesa dedicados demais. Que alguém havia sido ferido, estuprado ou morto. E isso estava definitivamente errado. Frank não tinha como mudar o sistema, mas podia encontrar algumas brechas.''

Sinopse:
Luther Whitney está prestes a cometer o último roubo de sua vida. Ele pretende passar a aposentadoria em alguma praia distante. Mas seus planos vão por água abaixo quando a dona da casa invadida por ele aparece de repente, acompanhada do amante - o presidente dos Estados Unidos.
  Escondido, Luther vê o romance entre Christy Sullivan e Alan Richmond esquentar muito, a ponto de virar uma briga séria. Quando ela ameaça matar o amante com um abridor de cartas, os agentes da guarda presidencial imediatamente entram em ação.
  De repente Luther passa de ladrão a única testemunha de um crime, diante de uma mulher morta e de uma verdade devastadora, em que ninguém jamais vai acreditar: o presidente é um assassino.
  Quando as investigações começam - com o misterioso interesse e apoio do Serviço Secreto -, as suspeitas logo recaem sobre Luther. Mas ele também tem um aliado: Jack Graham, um amigo de longa data, ex-namorado de sua filha, que se arrepende amargamente de ter trocado a defensoria pública pela roda endinheirada do direito corporativo.
  Um ladrão escrupuloso, um advogado obstinado, um detetive que não aceita nenhum caso sem solução e um grupo de pessoas dispostas a qualquer coisa pelo poder. Tudo isso faz de Poder Absoluto um livro alucinante, que tornou David Baldacci um dos maiores autores de suspense do mundo.

Opinião:
  Como é bom quando a gente se arrisca a ler um livro estando com as expectativas lá no céu e o autor ainda consegue superá-las. Faz tanto tempo que falei sobre algum livro por aqui que já nem sei mais direito como se faz... assim sendo, vamos esquecer as formalidades e o padrão correto que essas coisas devem ter e ir direto ao ponto.
  Como diz na sinopse, temos um ladrão que invade uma casa e acaba presenciando uma cena desnecessária romântica entre a moradora dessa casa e ninguém menos que o presidente dos EUA, a cena vai perdendo o romantismo enquanto a mulher vai perdendo os dentes, devido as pancadas do "amável" homem do povo. Encurtando a história, o ladrão acaba presenciando um assassinato cruel e a força tarefa feita para eliminar qualquer vestígio de pista que leve a polícia até o criminoso, que além de tudo está querendo se reeleger. mas uma pequena prova escapa do pente fino, e escapa apenas porque o nosso bandido se apossa dela e foge.
  No começo da história nos parece que o principal vilão da história nem é o presidente, sim, ele é um filho duma vaca, covarde e de péssimo caráter. Mas sua chefe de gabinete consegue ser ainda pior... pelo menos até certo ponto, onde ações do presidente acabam com ela (não no sentido de morte, infelizmente... ela bem que mereceria)
  O autor sabe construir bem os personagens e a trama não deixa escapar nenhum vestígio de que teremos um final feliz, a cada capitulo, a cada página, praticamente as coisas desandam mais. Parece que os criminosos estão 30 passos a frente, e se distanciando cada vez mais. enquanto isso os ''mocinhos'' dão um passo pra frente e um duplo mortal pra trás.
  O autor mostra o poder de cada pessoa em seu local de trabalho, na sociedade e na vida familiar. Ele trabalhou como advogado antes de ser escritor e consegue criar a tensão que circundo os tribunais e os desafios que esses profissionais enfrentam, e vai além. Criando um terrível pesadelo para um deles.
  Escrito de uma forma convincente, expondo o pior de cada pessoa, Poder Absoluto vai muito além do já batido provérbio ''O pode corrompe, o poder absoluto corrompe absolutamente.'' Ele mostra que cada pessoa pode criar algo incrível e também destruir vários mundos. Tudo depende de motivação e oportunidade.
  Um livro incrivelmente inteligente, com a trama extremamente amarrada e complexa que vai te tirar o sono e agradecer, já que a presidência do país poderia ser ainda pior.

6 comentários:

  1. Oi, Rudi! Tudo bem? Cara, é muito bom quando isso acontece! O livro tem uma premissa ótima e eu espero muito lê-lo em breve. Adorei a resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Tony, apesar dos romances do autor serem, justificadamente, excorrassados, os suspenses são de tirara o chapéu e mostram que ele é mestre no que se refere a jogos de poder

      Excluir
  2. Com uma resenha dessa não tem como não procurar mais sobre o livro, rsrs.
    Gostei do seu blog, Rudi, espero poder acompanha-lo agora. Seguindo

    http://comum-dois.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Fábio,
      David Baldacci é um dos meus autores de suspense favoritos, apesar de não ter tido a oportunidade de ler muita coisa dele, talvez você também se interesse por Traição Em Família dele... é incrível

      Excluir
  3. Esse livro parece ser bastante interessante <3 Adorei!

    www.luizlacks.com

    ResponderExcluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...