quarta-feira, 3 de janeiro de 2018

Lidos em dezembro de 2017

   Oi povo, vou fazer uma postagem com todas as leituras concluídas no ano, mas antes disso vamos falar um pouquinho do que li em dezembro.



  Comecei o mês com O Obstinado Amor de Deus, do Brennan, um livro bem curtinho que li em um dia, mas que falou bastante comigo, mais por uma frase que meio que ofuscou todo o restante, e teve muito a ver com o momento da minha vida que eu estava... já estou querendo reler :p









  depois li A Noite Do Massacre, do Carlos Heitor Cony, outro livro pra ler em um dia, apesar de ser de difícil digestão, quis ler esse livro pra ver o que achava do autor antes de partir para o Quase Memória, que a TAG enviou em... setembro? Acho que foi setembro, adorei a forma do autor de contar a história e não vejo a hora de ler o outro livro dele.







  Depois disso resolvi dar uma olhada em Prince of Thorns, do Mark Lawrence, não tinha grandes expectativas mas acabei gostando bastante, acho que leio o segundo volume ainda esse mês.









  Estava fazendo umas postagens sobre o Murakami e acabei ficando com vontade de ler alguma coisa dele, então peguei Romancista como vocação e me deliciei, é um livro bem diferente do que eu esperava, pretendo fazer uma postagem específica sobre ele logo para conversarmos melhor.








  Aproveitei o saldão de fim de ano da Amazon para comprar Jumanji por onze e pouquinho com frete grátis, é um livro infantil que li inteiro assim que chegou, em outra postagem falamos melhor sobre ele também.









  Outro livro que não tinha muita intenção de ler por agora era Tartarugas Até Lá Embaixo, novo livro do John Green, me surpreendi, foi uma leitura... difícil, de certa forma... e eu não entendi direito o título, tenho uma teoria mas acho que é furada.








  O penúltimo livro que li em dezembro foi Indomável, do Nick Vujicic, acabei gostando ainda mais desse do que do primeiro dele que li, foi um dos meus favoritos desse mês.









  E encerrei o mês (e o ano) lendo A vida de C. S. Lewis, uma biografia que me deu um aperto no coração e mudou minha forma de ver a vida do autor, e até a minha própria, a escrita do autor é uma delícia e sem duvida foi uma das melhores coisas que li nesse ano.






Contos


  Só li um conto em dezembro, foi o Eu Sou o Portal, do Stephen King. Foi o melhor conto que já li do autor, o que não quer dizer que eu tenha morrido de amores por ele, mas depois faço um "PLMC" pra falar dele.

Quadrinhos


  No quesito quadrinhos comecei o mês lendo O Último Rebelde, da coleção Tex Gold que está saindo pela Salvat, sendo bem sincero, não lembro da história, mas a arte é terrível, disso eu lembro.

  Depois li Hal Jordan: Procurado que é um dos encadernados que a Panini vem lançando com as histórias criadas pelo Geoff Johns para o personagem, não é a melhor coisa que li do personagem mas confio bastante no roteirista, pretendo ler um encadernado desses por mês, se quiserem que eu faça postagem sobre eles me digam nos comentários.

  Claro que não podia faltar a minha Júlia do mês, li o Vol. 68 onde é levantado o assunto da morte de Marilyn Monroe, com o título de Quem Matou Norma Jean a história gira em torno de um suposto ex-amante da atriz que já não suporta guardar a verdade consigo.

   Depois li outro volume da coleção Tex Gold, esse intitulado Sangue no Colorado, uma incrível história onde os rangers vão lutar em favor de um povo que vem sendo oprimido pelos endinheirados da cidade que tem até o xerife na folha de pagamento.

  Li também o terceiro volume da Graphic MSP escritos pelo Vitor e Lu Cafaggi Turma da Mônica: Lembranças que da sequência aos eventos narrados em Lições, não sei ainda se é meu favorito, mas é, sem dúvida a coisa mais fofa que li esse mês.

  E encerrei o ano lendo o Vol. 12 de Tex Platinum, outro volume com a arte um tanto aquém do que eu esperava, mas a história compensa, Kit e Tex são atacados, enquanto Kit é abandonado para sangrar até a morte no meio do nada Tex é levado para uma ilha onde um louco quer caçá-lo como se fosse um animal, vários personagens são apresentados e conquistam o leitor, destaque para Isaias e Samuel.

  E foi isso povo, eu não sei o que dezembro tem, mas é sempre um mês bastante produtivo para mim. E vocês, o que leram?


2 comentários:

  1. Oi Rudi,

    Seu ritmo de leitura é bom hein, eu sou bem mais lenta...

    Se eu chegar a ler um livro do Brennan você é o responsável haha

    Abs.
    CAFÉ E BONS LIVROS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Hahaha
      Meu favorito ainda é O Evangelho Maltrapilho

      Excluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...