segunda-feira, 15 de julho de 2013

[Opinião] A Herdeira - Sidney Sheldon



Editora: Record
n° de páginas: 399
citação: 
"Nunca se deve deixar uma raposa entrar no galinheiro, por mais amistosa que se mostre. Um dia ela pode ficar com fome."
sinopse:
 Durante décadas, desde o século XIX, a Roffe&Filhos foi modelo de segurança e prosperidade no meio empresarial, tornando-se a segunda maior companhia farmacêutica do mundo. Seu sucesso, ninguém podia negar, devia-se em grande parte ao dinamismo do seu fundador, Samuel Roffe, um homem notável que administrou e desejou manter a empresa sob o controle da família. Mas agora, por conta dos problemas financeiros  e da morte do empresário, é necessário mudar as regras - nem que, para isso, seja preciso lançar mão de recursos ilegítimos, inclusive sabotagens e assassinatos. E tudo indica que a próxima vítima é Elizabeth, descendente direta de Sam.

Opinião:
  Agora um do mestre do mistério: Sidney Sheldon.
  Esse foi o primeiro livro, e único até agora, que eu li do autor, e quero muito ler outros, ele tem uma narrativa muito boa e... eu amo histórias de mistério (dá-lhe Scooby-Doo).
  Tem uma coisa que me chateou, que na verdade é uma qualidade desse tipo de livro que foi... não consegui descobrir quem era o assassino... eu sempre penso: "Esse tá muito na cara então não é, mas o autor pode ter planejado ser ele pra todo mundo pensar que tá muito óbvio e apostar em outro, então vou apostar algumas fichas nele também."
  Ou então: "Esse está acima de qualquer suspeita então acho que foi ele..." ....E eu nunca acerto T.T....
  O que complicava é que todos, absolutamente todos os acionistas da empresa tinham motivos, e fortes motivos para serem a maçã podre, e isso fez minha cabeça girar.
  A Elizabeth, coitada, teve uma tortura psicológica por causa da situação que o autor a colocou que tinha uma hora , mesmo eu vendo que tinham muitas páginas pra acabar o livro, que ela ia desistir, chutar o balde, mandar tudo as favas e se suicidar.
  E eu me surpreendi e fiquei preso ao livro da primeira a última página. Ele não é cansativo em momento nenhum, tem um ótimo ritmo, é um dos mais bem escritos que já li, e recomendo a todos os amantes da literatura. E para quem não gosta de ler: faça um esforço e leia ele que, tenho certeza, também vão gostar.
  É realmente uma pena o autor já ter morrido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...