sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Quotes [O Futuro da Humanidade]

  Quem já leu qualquer coisa do Augusto Cury, sabe que ele é bom em, como ele mesmo diz, frases curtas de longo alcance... terminei de ler ontem o livro O Futuro da Humanidade, que ganhei de aniversário (vou dar minha opinião já já) e ele quase acabou com meus post-its, na verdade eu gastei um bloquinho e o começo de outro só marcando frases bacanas no livro... e resolvi fazer esse post com algumas delas (sim, vai ficar meio grandinho).



"Um ser humano revela sua dignidade não quando está no oásis dos aplausos, mas no  deserto das vaias" pra vocês terem uma noção, essa está ainda no prefácio
"O homem sem história é um livro sem letras." 
"Começou a entender que a dor e o riso, a loucura e a sanidade estão muito próximos."
"Cada ser Humano é um mundo [...] Muitos amam a rotina, outros não vivem sem aventura."
"Começou a entender que o ser humano se adapta a tudo, inclusive o caos."
"Há muitos anos me pergunto quem eu sou. Quanto mais me pergunto menos sei quem sou. O que penso que sou não é o que sou."
"-O senhor conheceu o Poeta. Quem era? Por que tem esse apelido?  - Garotos perfumados, trajando belas roupas, vivendo na superfície da existência. Quem são vocês para estudar o Poeta da Vida? Retalhem seu corpo, mas jamais penetrarão em sua alma."

 "Meu filho, os aventureiros realizam suas conquistas e as demais pessoas os aplaudem. Saia sempre do lugar-comum."


"O seu alimento sacia minha fome, mas não compra minha liberdade."


"Garoto, o seu nome é o de um desbravador [Marco Polo], mas você nunca será como um de nós. Você pode maquiar-se, vestir roupas rasgadas, cheirar mal, mas continuará sendo você mesmo. No seu mundo, vocês creem que a embalagem muda o valor do conteúdo. No meu mundo isso é uma tolice. Você continuará sendo um prisioneiro."


"Marco Polo, o mundo em que você vive é um teatro. As pessoas frequentemente representam. Elas se observam o tempo todo, esperando comportamentos previsíveis. Observam seus gestos, suas roupas, suas palavras. A liberdade é uma utopia. A Espontaneidade morreu."

"se você não brincar com a vida, a vida brigará com você."


"Ele gostava de proclamar que ricos são os que extraem muito do pouco e que livres, os que perdem o medo de ser quem são. 'Somos ricos e livres', gostava de falar aos miseráveis das ruas, tentando consolá-los. Alguns não entendiam suas palavras, mas ainda assim não deixava de dizê-las."


"-Você deu todo o dinheiro que possuía. Não vai passar fome a noite?  -Pode ser. Mas há uma fome que saciei agora. A fome de aliviar a dor de alguém."


"Em meu mundo, os mais fortes servem aos mais fracos. No seu, os mais fracos servem aos mais fortes. Qual é mais justo?"


"Nas ruas, o Poeta encontrou miseráveis como ele. Conheceu os incompreendidos, os dilacerados pelas perdas, os mutilados pela culpa, os transtornados pelas psicoses, os que são considerados lixo do sistema. Ajudar todas essas pessoas deu-lhe ânimo."

"A sua sociedade usa as pessoas e as descarta como objetos. Cuidado, meu jovem! Os aplausos não duram."

"Marco Polo entendeu que um dia a maioria das pessoas precisaria recolher seus pedaços e reescrever sua história. Contudo, entendeu que reconstruir relações sociais não era uma tarefa simples - exigia audácia."

  Isso tudo foi antes da página 50, mas como está muito grande já vou colocar só mais um, que explica muuuita coisa na minha vida...

"Freud disse que os filhos que foram preferidos e valorizados por suas mães se tornam mais otimistas, vencedores, enfrentam com mais coragem os acidentes da vida."

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...