sexta-feira, 25 de abril de 2014

[Opinião] Desaparecido Para Sempre - Harlan Coben

Editora:Arqueiro
N° de Páginas:318
Citação:
"Há uma ligação interessante entre a dor autoinfligida e o consolo, uma espécie de desejo de brincar com fogo relacionado ao sofrimento."
Sinopse:
  No leito de morte, a mãe de Will Klein lhe faz uma revelação; seu irmão mais velho, Ken, desaparecido há 11 anos e acusado do assassinato de sua vizinha Julie Miller, está vivo. Embora a polícia o considere um fugitivo, a família sempre acreditou em sua inocência.
  Ainda aturdido por essa descoberta e tentando entender o que realmente aconteceu com seu irmão, Will se depara com outro mistério; Sheila, seu grande amor, some de repente. O FBI suspeita que ela esteja envolvida no assassinato de dois homens. Apesar de estarem juntos há quase um ano, Sheila nunca revelou muito sobre o seu passado.
  Enquanto isso Philip McGuane e John Asselta, dois criminosos que eram amigos de infância de Ken, passam inexplicavelmente a rondar a vida de Will.
  Para descobrir a verdade por trás desses acontecimentos, ele conta apenas com a ajuda de Squares -seu colega de trabalho em uma fundação de assistência  jovens carentes e proprietário de uma escola de ioga famosa entre as celebridades, o que lhe garante acesso a todo tipo de pessoas e de informações.

Opinião:
  O último livro que eu li,antes desse, se chama Toda a Verdade, mas esse nome se encaixaria tão bem nesse livro também.
  Não vou colocar mais nada sobre a história porque a sinopse já é bem completa, quero falar um pouco dos personagens, na verdade o único personagem que posso falar sem spoilar a história é sobre o protagonista, Will.
  O Will foi a coisa que mais me desagradou nesse livro, gosto muito dos livros do Harlan Coben mas com esse eu pude ver que ele não é muito bom quando escreve em primeira pessoa, não sei se porque o personagem é meio tapado, e controverso, talvez tapado seja um pouco demais, ele é inteligente, mas incrivelmente ingênuo e inocente.
  A história é muito mais, como dizer? Profunda, do que as outras que li do autor, ela toca bastante nos temas de violência doméstica, psicopatismo, e vícios, ainda tem seus momentos cômicos, principalmente quando a polícia dá as caras. mas serei obrigado a tirar uma estrela por causa da narrativa em primeira pessoa que não me agradou, felizmente não é o livro todo assim.
  O ponto alto do livro é o final, cheio de reviravoltas e realmente surpreendente.

Um comentário com Spoiler
Foi muito agonizante, digamos assim, quando descobri que todos os fatos que o autor nos mostrou durante o livro todo eram mentiras, ver como uma parte dos personagens realmente sabia o que estava acontecendo mas nos fez dançar conforme a música, além de toda a questão familiar presenta na história. Outra grande semelhança com o Toda a Verdade é que a namorada do protagonista é assassinada, a diferença é que nesse descobrimos que quem foi assassinada na verdade não era a namorada de Will, mas a verdadeira Sheila Rogers, eu falei que tem uma incrível variedade de gente que deveria ser presa por falsidade ideológica nesse livro?

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...