quinta-feira, 21 de agosto de 2014

[Opinião] O Outro Lado da Meia-Noite - Sidney Sheldon


Editora: Record

N° de Páginas: 495

Citação:

Todos têm diversos conselhos úteis sobre como lidar com ferimentos. Há porém algumas feridas que não aparecem. Às vezes são profundas. Eu não quero dizer nada sério. Estou apenas falando nos horrores que qualquer soldado combatente vê. A menos que um homem seja um completo idiota, tais coisas hão de ter enorme efeito sobre ele."

Sinopse:
  A sensual Noelle é uma famosa atriz que sai dos bairros pobres de Marselha para o sucesso do cinema. A americana Catherine é uma profissional bem-sucedida mas totalmente insegura com os homens. O que duas mulheres tão diferentes poderiam ter em comum?
  O piloto e herói de guerra Larry Douglas, por quem as duas se apaixonam, formando um triângulo amoroso que desperta o ódio e o desejo de vingança do magnata grego Constatin Demiris, um homem que não esquece nem perdoa. De Washington a Atenas, passando pela Paris ocupada pelos exércitos nazistas, O outro lado da meia-noite é uma fascinante história de amor e ódio, paixão e terror.

Opinião:
  Por mais que, em certo momento, eu tenha achado mais do mesmo tenho que ressaltar que "mais do mesmo" de Sidney Sheldon é superior a quase tudo....
  Quando digo mais do mesmo me refiro ao fato de a história ter a assinatura dele: mulheres fortes inteligentes e determinadas, homens sem-vergonha e viagens pelo mundo.
  O livro nos conta a história, completa, de Noelle Page e Catherine Alexander, nos é narrada a história das duas em capítulos alternados, até o momento em que suas histórias se cruzam, logo no prólogo do livro vemos vários personagens que iremos conhecer no decorrer da história indo ao julgamento de uma dessas mulheres que está sendo acusada de assassinato, não é muito difícil imaginar o que aconteceu com a outra...
  Como diz na sinopse as duas são completamente diferentes, uma nasceu pobre em uma vila de pescadores mas não aceita a pobreza e acha que foi enganada pelo pai, que a chamava de princesa quando criança (Vai bestão, continua mimando) A outra é filha de uma família também pobre mas unida e na faculdade fica preocupada por ser a única virgem do colégio (faça-me um favor guria tapada... tanta coisa mais importante pra se preocupar - a quantidade de sangue presente no corpo humano, a cor predominante das zebras, o número de livros já escritos no mundo, a distância entre duas estrelas, a velocidade do crescimento da grama - e você querendo deixar de ser a única virgem da escola... aff!)
  Acompanhamos o crescimento dessas duas mulheres, ambas lindas e inteligentes, mas enquanto a tensão é o sentimento predominante na história de uma, a comédia é o ponto forte da outra, me matei de rir vendo as trapalhadas de uma delas e fiquei com medo da outra...
  A narrativa é bem detalhista no que se refere a lugares, mas absurda no que se refere a pessoas, era como se o autor falasse "Noelle está andando na rua e passa por uma mulher assim, assim, assado e agora venha comigo que vou lhe contar como foi o nascimento dessa personagem irrelevante na história e toda a vida dela mostrando também o motivo de ela estar nessa rua no momento que uma de nossas protagonistas está passando", mas mesmo que na hora achemos o personagem desnecessário no futuro o autor dá uma grande importância pra ele ou, mais especificamente, para alguém do passado da pessoa que estava passando na rua (isso não acontece realmente assim, é só um exemplo, um exemplo tosco, mas um exemplo).
  A narrativa não possui muitos diálogos, ela é mais como se o autor estivesse nos contando a história, passam-se anos na história sem um diálogo, mas isso não me incomodou, é benfeito o suficiente para ficar convincente e em momento algum cansativo.
  Apesar dos personagens magistralmente construídos, em alguns momentos, em um na verdade, uma coisa me incomodou, o momento em que a Catherine se apaixona pelo Larry, foi meio que de um parágrafo para o outro, para não dizer de uma linha para a outra.
  O livro é dividido em três partes, a segunda é a melhor, cheia de acontecimentos e tensão, existe um momento que uma das personagens entra em desespero e a narrativa é tão detalhada, sem ser cansativa, que me deixou agonizante junto dela, eu pensava: Meu Deus do céu mulher, morre logo ou sai daí que eu não aguento mais!!!! (estou com três unhas sangrando de tanto roê-las).
  Posso dizer tranquilamente que é o segundo melhor livro do Sidney que leio, meu favorito continua sendo A Herdeira. A única coisa que posso acrescentar é: LEIAM, vocês precisam ler isso, tem umas partes meio pornográficas que não me agradaram muito mas foram necessárias (pelo menos algumas delas) para a história.
  O livro, escrito em 1974 foi o primeiro do autor a ser trazido para o Brasil e virou filme em 1977, ainda não vi o filme, mas pretendo.

12 comentários:

  1. Olá, Rudi.
    Curto muito romance policial, mas ainda não tive a oportunidade de ler nada do autor. Acho que estou perdendo muito com isso, pois todas as resenhas que leio sobre os livros do autor sempre são assim como a sua super positiva.
    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adoro romance policial, e foi por isso que comecei a ler vovô SS, mas nem todos os livros dele são desse gênero, esse mesmo é mais uma história de vingança mas isso não tirou a beleza da obra.
      Com certeza você está perdendo muita coisa... Grande abraço!!!

      Excluir
  2. Achei super interessante a historia, assim que terminar o que tenho para ler vou ver se consigo ler esse
    http://elasabefalardeamor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que você vai gostar, depois me conta ;)

      Excluir
  3. Nossa, Rudy! Se eu ler um livro assim não sangrarão apenas meus dedos por roer unhas, vou acaba é enfiando um faca em mim pra agonia passar! Meu, se o livro foi tão bom assim, mesmo com tantos detalhes e descrições, a ponto de você dar 5 estrelas.. Woool.. Vejo que chegou a hora de eu ler meu primeiro livro de Sidney Sheldon! :D

    http://gabryelfellipeealgo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk credo, então não leia o.O
      Sério que você nunca leu um livro do vovô SS? DESONRA!!!!!!
      kkk
      Grande abraço!

      Excluir
    2. Eu sei! Desonra :(

      Não precisa jogar na cara :@ KKKKK'

      Excluir
  4. Oláá!
    PRECISO LER SIDNEY SHELDON! ainda não li nada dele acredita?!
    sempre vejo resenhas maravilhosas - como esta - falando das personagens e tramas que ele cria. Mas escutei também que depois de ler alguns livros dele, começa a ser muito previsivel, verdade??
    po, não sabia que tinha filme!!! fiquei curiosa!

    Um beeijo Lara.
    Blog Meus Mundos no Mundo | | Página Coração Furta-Cor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo que vejo pouca gente leu :p
      Não acho que fique previsível, li quatro dele até hoje (e tenho mais quatro que pretendo ler em breve) ele tem uma assinatura: protagonistas fortes e determinadas, movidas por algum sentimento forte que nasceu no passado da mesma, mas as tramas tomas rumos bem diferentes... dos que eu li:
      A Herdeira Uma frenética história de mistério onde todos têm motivos fortes para ser o criminoso
      O Plano Perfeito (minha opinião ficou uma titica) o nascimento da guerra dos sexos.
      Conte-me Seus Sonhos Novamente um belo romance policial mas que aborda principalmente crimes contra crianças e doenças mentais... agora que lembrei dele acho que ele empata com OOLDM-N em segundo lugar na preferência...
      e Claro, O Outro Lado da Meia-noite que trata de traição, amor desenfreado (também conhecido como obsessão) e claro, planejamento e vingança...

      Excluir
  5. Os livros do Sheldon são incríveis. Comecei lendo A Outra Face e nunca mais consegui parar. Acredito que, com essa explosão de "sagas" atuais, essa literatura policial esteja um tanto desvalorizada - o que é uma pena, quando se tem livros tão bons quanto os de Sheldon.
    Adorei a resenha! :3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Luana,
      O SS é um dos meus autores favoritos, só li quatro livros dele até hoje mas ele é um daqueles que quero ler tudo que ele já escreveu, incluindo, claro, A Outra Face, esse ainda não tive o prazer :3

      Excluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...