quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

Leituras do Ano: AS 10 melhores, as 5 decepções e as 2 surpresas

  Oi meu povo... mais um ano se acabando né. Conseguiram atingir a meta de leitura de vocês? eu não :/ ficaram faltando uns 23 livros para chegar ao número que eu queria (100), mas enfim...
  No decorrer do ano, sempre que eu lia um livro muito bom ou muito ruim eu pensava se ele entraria nessa lista, em determinado ponto do ano resolvi colocar algo mais além de "As 10 melhores e as 5 decepções" aí surgiram as duas surpresas, assim sendo decidi por esse título estupidamente grande e muito pouco criativo :p
  Diferente do ano passado, não vou fazer uma choradeira do tamanho do mundo reclamando do ano que passou, esse ano me trouxe muita coisa boa, muitas ruins também mas pra que ficar lembrando do cheiro do cachorro morto né?!
  Sem mais delongas vamos às listas de retrospectivas:

As 10 Melhores Leituras de 2014



Só pra constar... estão na ordem que foram lidos e para ler minha opinião mais detalhada é só clicar na foto do livro.

    Atormentada foi o segundo livro que li no ano, e ele foi incrível, por mais que, em alguns momentos, tenha estragado o clima tenso da história, algumas cenas me causam arrepios até hoje, juntando a história bacana com a narrativa em primeira pessoa da protagonista comprovadamente meio maluca, a autora nos assusta ao mesmo tempo que nos deixa na dúvida se tudo aquilo realmente está acontecendo ou se é só loucura da protagonista.





 Depois veio o incrível Conte-me Seus Sonhos do carinhosamente conhecido (por mim) como vovô SS. O livro foi indicação de uma amiga (Lila) antes mesmo de eu conhecer o autor, meu favorito dele continua sendo A Herdeira (que se eu encontrá-lo por menos do valor de 3 semanas de trabalho durante 2015 eu sorteio ele no lugar desse, já que fiz o contrário esse ano
  Enfim... é um livro envolvente, que traz como plano de fundo uma doença psicológica muito pouco explorada na literatura e muito pouca conhecida (até onde eu sei).




   Depois veio A Guardiã da Minha Irmã, da Jodi Picoult, já havia assistido o filme várias vezes, achava ele demasiadamente triste, o que não me impedia de continuar assistindo sempre que havia oportunidade, então ouvi que no filme haviam mudado o final da história, o que deixou a autora revoltada, então resolvi ler a história original e, não foi apenas o final que mudaram, mantiveram a essência da história mas o livro e o filme é beem diferente, e na verdade, o filme é melhor, mas mesmo assim o livro é incrível, triste, deprimente, emocionante e tocante, mas, acima de tudo, ele é lindo.

  Então veio Por Toda a Eternidade, da Kristin Hannah, uma história complexa e extremamente realista, retratando uma relação familiar e de amizade comoventes, foi incrível.


  Mitch Albom foi outro autor que conheci esse ano, e apesar de O Guardião do Tempo ter sido um dos melhore livros que li em 2014 o autor não foi para o pódio de autores favoritos.
  Um livro que fala sobre o valor do tempo, como o desperdiçamos e depois queremos todo ele de volta, com uma narrativa sensível e bela.


 Provavelmente o melhor de todos, Eu Sou Malala, da Malala Yousafzai não parece grande coisa a primeira vista, na realidade, quando eu comprei o livro eu nem sequer sabia da história, que aparentemente repercutiu pelo mundo todo, vi o subtítulo "A história da garota que defendeu o direito à educação e foi baleada pelo talibã." e quis conhecer a história, que rapidamente me conquistou e cativou, é incrível ver a luta de Malala pelo direito à educação, ver tudo o que ela fez contado por ela, como se não fosse nada, ela mostra que mesmo que o medo do talibã tenha cegado seu povo, ela ainda enxerga. É simplesmente incrível.


  Uma bela história sobre segredos, perdas, racismo e redenção, com a narrativa incrível da autora (sim meu povo, entendam, T. Greenwood é uma mulher), com personagens construídos de forma maravilhosa e uma história que mesmo não tendo muita ação nos prende e cativa, Dois Rios não poderia ficar de fora dessa lista de forma nenhuma.


  Minhas palavras não são suficientes para descrever quão incrível é Marina, do Carlos Ruiz Zafón, um livro lindo e assustador ao mesmo tempo, escrito com um talento sem igual, juntando mistério, terror e drama.
  Foi o primeiro livro que li do autor e já o alavancou a posição de (um dos) autor(es) favorito(s).


   Esse ano eu também entrei no mundo das crônicas, algo que, basicamente, só conhecia de nome, e fiquei simplesmente encantado, Assim como Zafón, Martha Medeiros, através de A Graça da Coisa, se alçou ao nível de autor amado.


  Claro que não podia faltar um Harlan Coben nessa lista, Seis Anos Depois merece toda a propaganda que a editora fez e mais um pouco, o livro é incrível e mexe bastante com o psicológico do leitor enquanto faz o mesmo com o dos personagens.

As 5 Maiores Decepções Literárias de 2014


  Tive meu primeiro contato com Agatha Christie e... que decepção, eu esperava uma história onde acontecesse alguma coisa além de diálogos e mais diálogos e o detetive tivesse a intuição divina e resolvesse tudo sem nem sequer uma pista concreta.

  Logo que terminei o livro da Agatha quis conhecer o "incrível" modo de Lemony Snicket contar histórias, e mais uma decepção, uma história, na melhor das hipóteses, tosca, com um humor forçado e muito, muito fraco.

  É incrível que os três primeiros livros da lista de decepções sejam, respectivamente o terceiro o quarto e o quinto livros durante o ano, Vingança da Maré prometia ser um Thriller psicológico envolvente e tals... mas acabou sendo uma história até bacaninha, mas nada do que prometia ser. e por isso foi uma decepção, muita sede ao pote, mas não era água que ele continha :/

  O livro não é ruim, mas mais uma vez ele figura nessa lista por não ser o que prometia ser, ele prometeu ser uma empolgante história policial, mas é um romancesinho besta, fresco e cheio de mimimi, e vocês sabem minha relação com romancesinhos melosos né?!

  Momento me apedrejem (sempre tem que ter um né) Comprei o box de Maze Runner, com os 5 livros da coleção e mais um pôster do filme, comprei porque todo mundo dizia ser incrível e maravilhoso e tals, mas achei a narrativa muito bobinha e a história, apesar de ser uma ideia bacana, fica forçando um mistério tão efêmero que me desanimou pra caramba, vou me forçar a ler os outros livros da série, mas só porque já comprei mesmo e também porque o final do livro foi até legal.

As 2 Maiores surpresas de 2014


  Prometia, também, ser um envolvente suspense policial, mas não foi isso, no lugar disso, o que eu encontrei foi um incrível drama familiar escrito com bastante sensibilidade e de forma incrível.


  Uma história incrível, que me surpreendeu por ser tão bem escrito e mesmo sem ter muitos acontecimentos conseguiu me prender e ser mais, muito mais do que o esperado.



  E é isso meu povo, espero que tenham gostado dessa retrospectiva e continuem comigo durante esse próximo ano ;)
  Um feliz ano novo pra todos e que 2015 traga tudo o que 2014 não pôde trazer.

19 comentários:

  1. e os mimimis de romances melosos kkkkkkkkk morto
    Quanto a The Maze Runner eu meio que to contigo .. só q tipo não tenho vontade de ler o livro ..
    vi o filme e foi tão parado .. tão parado ... que acho que será entediante ler o livro se for igual kkk
    o filme mesmo só ficou legal no final .. foi a única empolgação que deu .. a história do sol trazendo doença e talz ...
    instigante kkkk se for pra eu ler ... já sei que terei que me preparar bastante psicologicamente kkk pq só o final é legal kk
    adorei o post ^^
    ~ Matt the King ~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No livro também só fica interessante no final, mas até onde eu me lembro não tem nada de o sol causar doença, pelo menos não no primeiro livro.

      Excluir
    2. No filme teve .... kkkkk não vou entrar em detalhes kkkkkkkkkk
      Descubra sozinho kkkk tem algo a ver com O Fulgor ;) fica a dica kk
      hihihihihi 3:)

      Excluir
  2. Oi, Rudi! Tudo bem? Adorei a sua retrospectiva! Como você sabe, eu quero muito ler Seis Anos Depois! Vou ler o primeiro livro de Maze Runner e ver o que acho, Marina parece ser ótimo! Quanto a Vingança da Maré: Eu tinha muita vontade de ler esse livro mas as centenas de críticas negativas que li a respeito do livro me fizeram desistir de lê-lo! Todo mundo diz a mesma coisa que você disse: O livro prometeu e não cumpriu! :/

    Um feliz 2015, cara! Pode deixar que estarei aqui contigo durante esse novo ano! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tony.
      Espero que você seja um dos que gostam de Maze Runner, Marina é incrível, nunca vi alguém que não amou, e Vingança da Maré é exatamente isso, promete muito e não cumpre...

      Excluir
  3. Oi Rudi, cara todo mundo fala que o detetive belga é foda, no entanto eu sou 1000 vezes sherlock Holmes!
    Um 2015 de sucesso pra nós!
    Bjs da Le
    Le Versos & Controvérsias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hercule Poirot., o detetive belga, que usa um bigodinho e um chapéu coco. grande detetive fictício e protagonista da maioria dos livros de Agatha Christie. comparado ao famoso detetive inglês, (Sherlock Holmes) criado por Sir Arthur Conan Doyle..
      Na minha opinião Sherlock é 1000 vezes melhor como detetive!
      Entendeu agora?

      Excluir
    2. Atá, não tinha certeza se você estava falando do Poirrot ou do Erlendur (O Silêncio do Túmulo)

      Excluir
  4. "6 anos depois" chegou tarde, mas ainda conseguiu ficar entre os 10 melhores!!!
    bom, eu fico meio sem ação por saber que Maze está entre suas decepções de 2014. enfim, breve sai as classificações lá no blog.

    que tenhamos o melhor ano que nossa vida já teve até aqui, nesse 2015.

    gabryel fellipe - quimeras mirabolantes

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não consigo acreditar que comprei o box T.T
      Amém, que só melhore de agora em diante ^^

      Excluir
  5. Oi Rudi!
    Tenho bastante vontade de ler Atormentada, fico feliz que gostado. Jodi Picoult é uma autora que sempre me recomendaram mas ainda não li nada dela, espero gostar.
    Uma pena tu não ter gostado de Maze Runner, tbm só li esse volume mas dizem que melhora nos próximos volumes.
    Muito bom o post!
    Abraços
    Guilherme - http://leituraforadeserie.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já vi gente que adorou o primeiro livro e não morreu de amores pelos outros, talvez comigo aconteça o contrário né... Jodi Picoult faz o possível e o impossível pra fazer a gente chorar (ela não tem coração) e Atormentada, apesar de não ser exatamente o que eu esperava foi muito bom: legal, divertido e ainda causou alguns sustos

      Excluir
  6. Oi Rudi!
    Nossa, quanta leitura boa! Eu tbm li "Marina", mas preciso admitir q não gostei tanto assim: reconheço a escrita refinada de Zafon, o mistério, o horror e o drama, mas eu esperava q o enredo focasse mais no relacionamento dos personagens do q na história de terror mirabolante. Enfim, sei q é uma obra incrível, mas não me ganhou.
    E q nossas leituras possam ser ainda melhores em 2015 =)
    Bjos!

    http://seiqueeusei.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jô,
      Acho que gostei de Marina principalmente por causa da história de terror, mas claro que a escrita do autor também teve peso, eu simplesmente adorei ^^ Uma pena que ele não tenha te ganhado mas né, cada um tem um gosto é?!

      Excluir
  7. Não li nenhum desses livros, pode isso produção? Mas já li algo de alguns desses autores. Li um livro da T. Greenwood (Um Mundo Brilhante) e a escrita dela é realmente boa, apesar da história não ter sido lá grande coisa.
    Do Sidney Sheldon eu li dois livros: Anjo da Escuridão e A Outra Face. Cara, que escritor maravilhoso, conseguiu me prender do começo ao fim em ambas as leituras.
    Não desiste da Agatha Christie, leia Os Elefantes Não Esquecem! É ótimo.

    Enfim, espero que 2015 nos traga mais e melhores leituras!
    Beijo
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não creio que não leu nenhum desses, o que anda fazendo da vida minha filha? :p
      Também li Um Mundo Brilhante (em 2013) e também gostei bastante, odiei os personagens, mas gostei do livro, já li 5 livros do Sidney Sheldon e acho incríveis, todos eles.
      Não pretendo desistir da Agatha, pelo menos não agora, tem alguns livros dela que quero muito ler, e Os Elefantes Não Esquecem é um deles.

      Excluir
  8. Uau, sua meta era bem alta, hein?! hahaha Eu mal consigo alcançar a minha, que é sempre 50, só com muito esforço! hahaha
    Eu fiquei feliz ao ler sua postagem porque muitos dos livros que pretendo ler em breve estão aí, e, felizmente, na parte dos melhores! Só fico mais curiosa para lê-los, como o Por Toda a Eternidade, Dois Rios, O Guardião do Tempo, Marina...
    Sidney Sheldon é demais, gostei de todos os livros que já li dele até agora! hahaha
    Ahh, e eu finalmente respondi a tag "Meus livros, ninguém sai" lá no NMW, se quiser conferir!!
    Beijos, Lerissa K. :D
    lerissakunzler.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lery...
      acho que você vai amar Dois Rios, todos os que mencionou na verdade, mas Dois Rios tem algo de especial, não sei explicar muito bem ^^
      Vou lá ver a TAG

      Excluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...