domingo, 12 de abril de 2015

[Lista] 20 passos simples para não ter até a sua sétima geração amaldiçoada pelos funcionários de um supermercado



  Oi pessoas, hoje vim falar um pouco do meu trabalho, pra quem não sabe sou caixa de supermercado, e as vezes recepcionista, quando um(a) deles(as) sai de férias...
  Resolvi fazer essa lista porque não sou o único que acha que clientes são seres estranhos (pra não falar outra coisa) e incentivado pelo conteúdo do blog da Hillé (se por alguma razão absurda você não conhece tal blog clique aqui) elaborei essas regras incrivelmente simples de serem seguidas...


1. Não peça desconto, tudo que o caixa não te cobrar ele terá que pagar do próprio bolso, e convenhamos que você não gostaria de pagar uma parte das compras de alguém que nunca viu mais gordo, certo?

2. Não ligue para o mercado pedindo para levarem n coisas pra sua casa, larga de ser preguiçoso e vá até lá. Caso não possa ir mande seu filho, marido, vizinho, cachorro...

3. Não reclame com os caixas, balconistas, fiscais, recepcionistas, verdureiros ou empacotadores sobre o preço dos produtos, não somos nós que decidimos isso, do mesmo jeito que não somos nós que decidimos quando determinado produto entrará ou sairá da promoção.

4. Falando em promoção: Se você vê um cartaz dizendo "Leite Tirol por apenas R$18,50" não queira levar o leite Aurora, cuja a etiqueta diz 23,75, pelo mesmo preço, leiam os cartazes.

5. Não temos culpa da Dilma estar no poder (pelo menos nem todos nós)

6. Entendam que o caixa rápido só será rápido se suas regras forem respeitadas, regras essas que são:
I-   Apenas cestinha (Máximo 10 ou 15 itens, depende o mercado)
II-  Apenas dinheiro, cartão ou convênio (em alguns mercados apenas dinheiro)
III- O Cliente embala as próprias compras.

7. Não nos xinguem quando o patrão não quis fornecer brindes de Páscoa, Natal, Dia das Mães, Aniversário, Carnaval ou dia da Árvore. É o mesmo processo do preço das mercadorias.

8. Não abra as portas do mercado para entrar depois que já foram fechadas, mercados costumas ficar abertos cerca de 12 horas (alguns até mais), tempo de sobra para todo mundo ir.

9. Se você está em um mercado de Santa Catarina, não tente passar um cheque de Goiás, não precisa nem de explicação né?!

10. Jamais utilize as frases:
I- "Um mercado desse tamanho não tem (nome do produto que foi informado que não se encontra a venda no supermercado)" E, pelo amor de Deus, entendam que é proibido por lei a venda de medicamentos, mesmo Anador, em supermercados.
II- "Cadê o (nome do dono)" Frequentemente usada quando impedimos o cliente de burlar alguma regra.
III- "Ah, deixa por (valor inferior ao que você gastou), o mercado tem mais dinheiro do que eu" Voltamos lá pra primeira regra, o mercado pode até ter mais dinheiro que você, mas o(a) caixa provavelmente não, considerando que ele(a) está trabalhando enquanto você está comprando.

11. Ter educação não vai te machucar de forma alguma. (e não só com os funcionários do mercado, respeito é bom e todo mundo gosta, várias das próximas regras "descendem" dessa.)

12. Nunca pague R$0,90 com uma nota de R$50,00, e junte todas as moedas que tem em casa e no carro para ir ao mercado (é surpreendente o número de clientes para os quais a gente pede se tem moedas e eles dizem "Ah, tirei todas da carteira/bolsa/carro antes de vir". E não peçam nossas moedas ou trocos, dependemos deles para trabalhar e atender clientes que não obedecem a primeira parte dessa regra.

13. Se você tentou passar seu cartão e apareceu Não autorizado, Motivo 51 ou 58 (Saldo insuficiente), Contate o Emissor ou algo do tipo, não adianta teimar dizendo que o problema é no nosso sistema.

14. Se o sistema de cartão não está funcionando, não nos xingue, não fomos nós que o tiramos do ar, na verdade, adoraríamos que todos os clientes pagassem com cartão.

15. Tecnicamente, sabemos mais sobre as regras do mercado e o funcionamento do mesmo do que você, então quando dissermos "não dá" é porque NÃO DÁ!!!!!!

16. Se você chegou à recepção e o recepcionista está atendendo outra pessoa, espere sua vez, o que nos leva a próxima regra...

17. Respeite as filas, mais uma vez fazendo referência ao 11° passo.

18. Nós não somos psicólogos, não precisamos ou queremos ouvir seus problemas, não podemos te dar conselhos e não merecemos ouvir sua história com o exame de próstata. (Acreditem, tem muita gente que faz questão de contar esse tipo de experiência)

19. Somos humanos e cometemos erros, assim como ter educação, ter um pouquinho de paciência e compreensão não vai te matar.

20. Não reclame do mercado estar cheio, não temos culpa se a maioria esmagadora do povo tem medo que o mundo acabe no domingo ou no feriado, se quer comprar com tranquilidade vá numa segunda-feira, de uma semana que não tenha feriado, entre os dias 15 e 20, ao meio-dia e meio.

  Existem muitas outras coisas que você pode pode fazer para evitar que uma praga seja rogada sobre você ou sua descendência, mas vou parar por aqui hoje, não inclui passos de como se portar com os balconistas da padaria ou do açougue, nem com os repositores, pois nunca trabalhei nesses setores e não sei o tipo de coisa absurda (porque tenho certeza de que são absurdas) que os clientes fazem com eles.
  E entendam, mesmo que alguém esteja sendo pago para prestar algum serviço a você, você não deve se aproveitar disso, sinta-se grato e seja simpático, isso fará você ser lembrado e aguardado, o funcionário que te atendeu falará para outro quão educado você é e da próxima vez que ir ao estabelecimento todos farão questão de te atender da melhor forma possível.

18 comentários:

  1. Oi Rudi, é isso mesmo, um pouco mais de bom senso e educação não fazem mal a ninguém! Disse tudo!

    Abraços!

    http://joandersonoliveira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. uheuehuehue
    Sabes meu pai a dois meses se mudou pra cidade que moro, pra toda pessoa de qualquer estabelecimento ele fala que se mudou a recém, que pai da Letícia ( como se eu fosse grande coisa), e acho que pelo fato de estar com 74 anos, se tu disser "Oi tudo bem?" Ele responde "eu nasci em agosto de 1941, desde então aconteceu isso, aquilo... euheuehueh

    Sobre passar o cartão e ta fora de sistema a máquina... já paguei um micão, por levar só cartão pra pagar, tu sabes que tem saldo, e ta tudo ok, mas a máquina não tava funcionando, e como é que fica as tuas compras? No mercado, nunca mais voltei a comprar lá...

    Sobre moedas- Meu salário se transforma em notas de 2 pila e moedas, assim que pago alguma conta, e tu sabes que tem gente que tem vergonha de andar com moedas (eu) mas moedas é dinheiro também, tanto que desde janeiro to juntando pra assistir "os Vingadores 2" dia 23 de abril, e até sabado passado eu tinha 212 R$ com 80 centavos
    É quase uma poupança em casa ahahah

    Eu particularmente, não falo com o caixa, nosso relacionamento, é extremamente cliente quieto, e funcionário quieto, mas não vou mentir, escolho sempre os mais simpáticos pra ir...
    Confesso que não sirvo pra trabalhar com público, por que assim como altura, paciência tenho muito pouco kkk

    Acho que respeito deve haver de todas as partes...
    Bjs da Le
    Le Versos & Controvérsias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha mãe também sente a necessidade de contar a vida inteira para toda pessoa que a cumprimenta, quanto a ter que deixar as compras no mercado porque o sistema estava com problema acontece com bastante frequência, lá no mercado a gente costuma fazer promissórias para que o cliente possa vir pagar outro dia.
      Adoramos moedas, se você levar esses duzentos e poucos até um supermercado para trocar por "dinheiro de verdade" saiba que será muito amada ♥
      Normalmente quando o cliente chega no caixa a gente cumprimenta, as vezes ele sorri e cumprimenta de volta, as vezes ele solta um "oi" forçado e a contragosto e as vezes ele só faz cara feia e nem responde, é a vida ^^

      Com certeza, sempre tento respeitar o cliente, tudo bem que as vezes estou mandando ele pro inferno na minha cabeço porque ele não segue nenhum dos passos acima e consegue ser uma pessoa detestável, essa semana mesmo um cliente (advogado) soltou: "rapaz, hoje fui parar lá no São Miguel atrás de uma mulher, me deu um medo andar por lá, aquele favelão sabe?" Não me aguentei e falei: "Sei, eu moro lá!"

      Excluir
  3. Oi Rudi,
    Seu texto é extremamente interessante e ao mesmo tempo divertido, não sabia da sua profissão e concordo super co os itens que tu citou, é tão chato gente sem noção que acha que pelo simples fato de estar comprando alga a faz alguem superior as outras. Enfim, vai de pessoa a pessoa, tem quem gente que sabe se comportar e tem muita gente fora da casinha.
    Abraço!!
    Guilherme - http://leituraforadeserie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O chato mesmo é o número absurdo de pessoas que pensa diferente, tenho a "filosofia de vida" de que não é porque uma pessoa está ganhando para fazer determinada coisa que você deve ou pode dificultar a vida dessa pessoa, pelo contrário, porque não ajudá-lo a te ajudar?

      Excluir
  4. Oi, Rudi! Tudo bem? Adorei a lista e conhecer um pouco mais do teu trabalho. Percebo que ser caixa de supermercado é um trabalho bem puxado e complicado! Acho que eu não daria conta disso tudo, tem que ter bastante paciência, né? E eu não tenho muita... hahaha Mas enfim, acho que o legal em qualquer relação cliente-funcionário é existir uma reciprocidade em ambas as partes. Tipo, eu sou simpático e educado contigo e você é comigo, entende? Certa vez eu fui em um estabelecimento e a funcionária de lá me tratou de uma forma bem antiprofissional, sendo bem mal-educada e tal. Resultado? Também fui mal-educado com ela (ok, não fui tão mal-educado assim, mas enfim...) e nunca mais voltei lá. Agora quando o funcionário é bem simpático e legal comigo, sou ainda mais simpático com ele e faço questão de voltar lá! É bom haver essa reciprocidade e é melhor ainda que sempre sejamos gentis uns com os outros! ^^
    Já me delonguei muito aqui, mas enfim... Adorei o post e ri muito em alguns momentos!

    PS: Passo de nº 18: Sério que tem pessoas que contam essas histórias?

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tony!
      Concordo que deve haver reciprocidade, mas meio que somos obrigados a ser simpáticos (segundo minha colega de serviço eu não desempenho essa parte muito bem) mesmo que o cliente seja um filho da mãe estúpido, a gente até consegue, nada que não se resolva depois de um ataque de nervos que me deixa com os braços doendo e atrofiados por poucas horas ou algumas injeções de calmante :p

      PS: acredite, a última vez era um pai e um filho, o filho tinha quarenta anos e não parava de dizer que tinha medo de fazer o exame a acabar gostando e o pai dele disse que fez o exame de sangue três vezes mas não aparecia nada por causa dos remédios pra diabetes que ele tomava, então (a parte mais desnecessária da conversa) ele mesmo se fez o toque e achou o problema (me pergunto como ele sabia o que procurar) e depois disso o médico tirou a próstata dele, enquanto ele falava eu só pensava: "informação demais, informação demais. Eu não preciso saber disso"

      Excluir
  5. "Não reclame do mercado estar cheio, não temos culpa se a maioria esmagadora do povo tem medo que o mundo acabe no domingo ou no feriado, se quer comprar com tranquilidade vá numa segunda-feira, de uma semana que não tenha feriado, entre os dias 15 e 20, ao meio-dia e meio."
    Eu não consigo parar de rir disso, Rudi, pq eu sou uma das que acha que o mundo vai acabar no domingo ou no feriado! Vou passar a ir no mercado numa segunda-feira, de uma semana que não tenha feriado, entre os dias 15 e 20, só que depois das 16h, antes disso eu tô no trabalho...
    Beeejo!

    http://maisumapaginalivros.blogspot.com.br/
    Mais Uma Página

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maioria esmagadora né :p
      imagino então que você fica comprando no meio de meio mundo de gente e enfrenta muita fila né?!

      Excluir
  6. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Rudi, só você mesmo...
    Concordo com tudo, descreveu direitinho o que o funcionário de supermercado passa, apesar de nunca ter que ouvir um relato de exame de próstata (graças a Deus)
    E capaz que sua colega de trabalho (não imagino quem seja) diz que você não desempenha bem o papel de funcionário simpático...
    Ah, vou ligar pra lá numa sexta feira de pagamento, e pedir meia dúzia de paezinhos, e reclamar com VOCÊ a demora da entrega... :P
    Abçs!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é... cuspa no prato que comeu ¬¬' :p
      Acredito que você sabe sim quem falou isso, eu simplesmente deixaria você falando sozinha u.u

      Excluir
    2. Hahahaha será que eu sei??
      Se você me deixasse falando sozinha, já sabe o que eu faria né... Cadê o seu "fulano" quero falar com ele! :P

      Excluir
  7. rindo até 2022 kkkkkkk o dia q quiser escrever algo sobre o que as balconista ouvem me chame sei coisas ABSURDAS pra te contar rsrsrs compartilhando em 3.2....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagino Paty, tipo aquela vez do salgado "cru"

      Excluir
  8. Hauhaush, não sei se rio ou anoto essas dicas. Prometo seguir essas regras (principalmente "Nunca pague R$0,90 com uma nota de R$50,00", sempre faço isso, hushash)
    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rapaz sem coração viu ¬¬'
      então, por favor, de hoje em diante, comece a pagar só com moedas, mesmo que seja uma compra de R$400,00 u.u

      Excluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...