quarta-feira, 13 de maio de 2015

[TAG] Frases de Mãe


  Oi meu povo!!!
  Estamos no mês das mães, e como não teve um post específico sobre o dia em si hoje vou responder a TAG frases de mãe, a qual a Lery me indicou, não deixe de conferir as respostas dela clicando aqui.
  As regras são simples:


   E vamos às frases, lembrando que se hover opinião minha aqui no blog sobre o livro citado é só clicar na foto do mesmo para ser direcionado ao post.

01."Eu vou contar até três..."

Um livro que você não via a hora de acabar.
  Assim como a Lery, escolhi um livro que não gostei (porque nesse caso também poderia ser um livro bom mas que você não via a hora de saber o final, certo?) e eu escolhi Cidades de Papel, do John Green, porque eu já tinha visto bastante gente dizendo que o livro era bom mas o final era horrível, e como eu estava achando o livro uma b*$%@, queria ver se o final conseguia ser pior que o início ou o meio, e acabou que o final foi a única coisa proveitosa do livro.





02. "Se você falar isso de novo te arrebento os dentes."

Um livro que você não suporta que falem mal:
  Não é que eu não suporte que falem mal, até porque eu reconheço que Um Mundo Brilhante não é lá a história mais brilhante  (bá dum tsss) já escrita, mas continua sendo uma história bem escrita, com personagens magnificamente construídos (que são pessoas deploráveis, mas enfim). Em suma, é um livro bom com uma história ruim, e eu tenho um carinho especial por ele porque eu o li em uma época especial e que coincidiu com certos aspectos do livro...





03. "Se você correr vai ser pior"

Um livro que você corre dele, mas sabe que um dia vai ter que lê-lo
Que atire a primeira pedra quem nunca correu de clássicos! Tenho essa edição super bonitinha de Crime e Castigo aqui em casa e ainda não criei coragem de encarar, na verdade só estou querendo ler outra coisa do Dostoiévski (adoro esse nome) antes de partir pra isso (uma desculpa esfarrapada, já que tenho outros dois livros do autor aqui)





04. "Vem comer se não esfria"

Um livro que você leu logo que lançou
  Não foi nem por "Ah, meu Deus, lançaram A Espada de Kuromori, preciso ler ele!!!" Não!
  A verdade é que recebi esse livro enquanto carregava a mudança... como não sei direito porque o recebi, direto da editora, acredito que tenha sido sorteado no Skoob, e como ele chegou eu pensei: "por que não?" e acabei lendo ele logo em seguida.






05. "Você não é todo mundo"

  Um livro que todo mundo odeia, menos você.
  A resposta do segundo tópico bem que se encaixaria aqui também, mas foi difícil encontrar um livro que eu goste e o mundo odeia, o contrário é bem mais fácil, mas escolhi Insônia, do mestre, que muita gente desistiu do autor depois de ler esse, ou até durante a leitura, reconheço que, dentre os que eu li, foi o que eu menos gostei e que achei mais cansativo, mas enfim....






06. "Quantas vezes eu já disse pra você não fazer isso?''

O personagem que mais te irritou e fez burrada.
  Definitivamente a personagem que mais me irritou até hoje foi a Kelsey, do livro A Maldição do Tigre, livro que falo ser um ótimo exemplo de como estragar uma boa ideia, ela é irritante mimizenta, burra e muito fresca, ô guria insuportável...
  Peguei essa foto porque, se não me engano, é essa moça que vai fazer o papel desse ser odioso no filme.






07. "Não, quando eu digo não é não!"

Um livro que você não lerá, não importa o quanto as pessoas falem bem
  Copiando a resposta da Lery na cara dura u.u
  Eu não gosto de romance (ponto), não gosto dessas pornografias aí, então um livro que nunca lerei é o desperdício de árvores, Cinquenta Tons de Cinza.








08. ''Não mente pra mim."

Um personagem mentiroso, ou um personagem que te enganou direitinho.
  Vários e vários personagens dos livros do Harlan Coben, John Verdon e Sidney Sheldon me passaram pela cabeça, mas ficaria muito chato eu revelar o criminoso de algum deles né?!
  Assim sendo escolhi o Robert Langdon, que ele não apenas me enganou como se enganou, foi no livro O Símbolo Perdido (←), mas não vou falar em que situação ele me enganou.





09. "Coração de mãe não se engana."

Um livro que te conquistou pela capa e a leitura foi ainda melhor.
  Quando vi esse tópico a imagem desse livro brilhou na minha mente :3
  Comprei ele pela capa (adoro faróis) e pelo nome, e a capa é linda, a lombada é linda, a quarta capa é linda, até as orelhas do livro são lindas *-------*
  E como se não bastasse essa belezura toda, o livro ainda é um dos melhores (pra não falar o melhor) que li na minha vida.






10. "Tá chorando sem motivo por que? Peraí que vou te dar motivo pra chorar!"

Um personagem chorão que te deu raiva
  Falou em personagem chorão e irritante, falou em Jill Pole, de As Crônicas de Nárnia, mais especificamente do livro A Cadeira de Prata, que é onde ela está mais insuportável... Quem leu sabe o quanto essa menina pede pra apanhar na história.








11. "Come só mais um pouquinho"

Um livro que fez você dizer "vou ler só mais um pouquinho"
  Muitos livros já me fizeram falar isso, em especial os do Zafón, mas preferi escolher um que li recentemente, Caixa de Pássaros do Josh Malerman é sobre os medos de cada um e mexe bastante com a curiosidade de cada um, é impossível largar o livro até que ele te dê algumas respostas, e quando ele te dá essas respostas você já está tão viciado na escrita do autor que você lê até o fim, que não é o melhor final do mundo mas mesmo assim eu achei digno u.u





12. "Quantas vezes vou ter que repetir?"

Um livro que você teve ou terá que reler para entender melhor.
  Não é que eu não entendi, mas o livro Oráculo, da Superinterssante, tem muuuuuita informação, e para conseguir gravar tudo eu teria que ler diversas vezes, o problema é que a edição do livro é tão porca que mal se mantém inteiro durante a primeira leitura ¬¬'








13. "Não fez mais que a sua obrigação!"

Um livro que você leu por obrigação.
  Ia colocar Quem Poderia ser a Uma Hora Dessas, mas já respondi ele em uma pergunta parecida de outra TAG, então vou dizer que foi Vingança da Maré, da Elizabeth Haynes, com essa capa linda.
  Nunca fui realmente obrigado a ler um livro, mas coloquei esse na minha meta de uma maratona literária e me obriguei a ler, mas, apesar de ser uma história até bacana, ele não me agradou porque prometia ser um Thriller psicológico, e não foi nem um pouco intrigante nem nada... apenas decepcionante.




14. "Coração de mãe sempre cabe mais um"

Os três próximos livros que você está louco para comprar
  Preferi escolher três que não são óbvios e que não estavam na lista dos super desejados... mas esses já estão sobrepujando alguns daqueles nas minhas prioridades... Objetos Cortantes da Gillian Flynn, porque adorei Garota Exemplar e quero muito ler mais coisas da autora, Onde Cantam os Pássaros é um lançamento desse mês, se não me engano, da Darkside Books, e tenho altas expectativas para ele, e Poder Absoluto é um Thriller do David Baldacci :3

15. "Isso, quebra mesmo! Não foi você quem pagou."

Um livro que você emprestou e voltou irreconhecível
O segundo livro do autor de A Cabana (que passa longe de ser tão bom quanto o primeiro), A Travessia, eu emprestei para uma senhora que morava perto de casa e disse pra ela que eu era muito chato com meus livros e ela disse que ela também era e que era super cuidadosa... aham... tá ¬¬'
  Eu, na minha infinita ingenuidade, inocência e fé na humanidade (em suma, burrice) emprestei pra ela, e ele voltou destruído... não conseguia acreditar naquilo...





Os indicados:

O Guilherme, do Leitura Fora de Série
O Tony, do The Tony Lucas Blog
A Milly, do Mais Uma Página
e a Nina, do Nina e Suas Letras

E não é porque passou do dia das mães que vocês tem que esperar o do ano que vem pra responder u.u
A mãe fala essas coisas o ano todo, a TAG também pode ser respondida em qualquer época do ano ;)

8 comentários:

  1. Oi, Rudi! Tudo bem? Ahhh adorei a tag! Me diverti muuuuito com as frases de mãe (a propósito, já ouvi muitas dessas frases saindo da boca da minha mãe! kkk) e com as suas respostas (A de 50 Tons e a da personagem chorona por exemplo). São muitas respostas, mas deixa eu ver o que comentar... Ah, já sei! LEIO OBJETOS CORTANTES, O LIVRO É ÓTIMOOOOO! rsrs Diferente de você, eu detestei o final de Cidades de Papel... Ah, obrigado por me indicar! Assim que der, eu respondo a tag! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que mãe que não fala essas coisas né?!
      Eu achei o final de Cidades de Papel coeso, seria muito idiota se depois de tudo fosse o final que o protagonista, em sua imensurável arrogância e egocentrismo, esperava, além do que é uma das poucas coisas no livro que faz sentido, um dia conversaremos mais a fundo sobre "Porque o final de Cidades de Papel é bom enquanto o resto é excremento de urubu."

      Excluir
  2. Oi Rudi!
    Bah ja tenho tags pra responder até o mes que vem euheuheue
    Mas gostei dessa, bem interessante!
    Bjs da Le
    Le Versos & Controvérsias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero ver suas respostas tá Tícia, agora que sua mãe mora do outro lado da rua você deve ter voltado a ouvir essas frases :p

      Excluir
  3. hahahahaha adorei suas respostas, Rudi, ficaram muito divertidas!!
    E não tem definição melhor para "Cinquentas Tons de Cinza" do que chamar de "desperdício de árvores"!
    Eu também fujo de muitos clássicos, mas né, uma hora dessas...
    Hahaha Suas respostas foram demais (acho que eu já disse isso) :P
    Beijos, Lerissa K. xD
    http://lerissakunzler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Lery,
      Definitivamente, se os pássaros soubessem do que se trata 50 Tons e descobrissem que seus ninhos tinham sido destruídos para a impressão daquilo, eles ficariam muito revoltados :p

      Excluir
  4. Adorei hahaha Principalmente a parte que vc não gosta de romances rsrs Você havia me dito isso uma vez. Abraços Rudi xoxo (:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é... pra você ver que não gosto MESMO...
      xoxo?

      Excluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...