quinta-feira, 29 de outubro de 2015

[Opinião] Nas Montanhas da Loucura e Outras Histórias de Terror - H. P. Lovecraft

Editora: L&PM Pocket

N° de Páginas: 266

Citação:

Mas, ainda assim, o que vi era pior do que meus temores. Há horrores para além dos horrores, e aquela era um daqueles núcleos de toda a hediondez imaginável que o cosmos guarda para descarregar contra alguns poucos infelizes e amaldiçoados.''

Sinopse:
  Na paisagem gelada e branca do Ártico, uma expedição científica se transforma em um encontro com o desconhecido e o inimaginável, levando alguns de seus membros a perderem a razão em face dos horrores presenciados. Nas Montanhas da Loucura é um dos principais exemplos da ficção de horror de H.P. Lovecraft (1890-1937), escritor norte-americano que é tido como uma das maiores influências de toda uma geração de criadores do gênero, como Stephen King.
  Inspirado por contos de Edgar Allan Poe, Lovecraft nos presenteia com um conjunto de histórias em que eventos ordinários tornam-se excepcionais pela influência do sobrenatural, do oculto e até mesmo de forças alienígenas. Por meio de sua prosa, o autor arrasta o leitor para dentro de um pesadelo após o outro, a maioria vividamente narrados em primeira pessoa pelos protagonistas de horrores insuspeitos.
  Aventure-se pelo sombrio e fascinante território do mestre da literatura de horror.

Opinião:
  Esse foi o meu primeiro contato com o autor e, em determinado momento, pensei que seria o único já que o primeiro conto, o que dá nome ao livro, é extremamente enfadonho e maçante em certos momentos.
  O livro trás quatro contos: Nas Montanhas da Loucura é o primeiro e mais longo de todos, é exatamente o que eu esperava do autor, mistério e alienígenas. a sinopse do livro é sobre esse conto então não vou me estender nele. É uma daquelas histórias que funcionam muito melhor como filme do que como livro... não sei se tem filme desse, mas ler foi extremamente cansativo, excetuando alguns momentos onde era realmente interessante acompanhar a história, mas em determinado momento o protagonista encontra toda a história daquela civilização alienígena desenhada nas paredes, e tem muita coisa que não tem como ele ter entendido a partir dos desenhos. Enfim, é um conto interessante mas extremamente cansativo que quando chegou ao seu ápice eu já estava tão cansado dele que nem fui impactado.
  Depois passamos para A Casa Maldita, uma história muito mais fluída e incrivelmente mais interessante. Aqui conhecemos a história de uma família, que com sua pequena fortuna comprou uma mansão modesta e foi morar lá às vésperas de terem o seu quinto filho (acho que era o quinto) e o bebê nasce na dita casa, mas nasce morto, e o autor nos "consola" com a seguinte frase: 
"Nenhuma criança nasceria viva naquela casa pelos 150 anos seguintes."
   E então começamos a acompanhar a história da casa, uma casa tida como azarada, onde coisas ruins aconteciam e era envolta por um ar de mistério e que mantinha todos os que conheciam sua história, ou viam os fungos brilhantes pelas vidraças do porão, bem longe. O final, apesar de se encaixar muito bem com todo o resto da história não me agradou tanto quanto o conto em si.
  Seguimos então para o IN-CRÍ-VEL Sonhos na Casa da Bruxa, o único escrito em terceira pessoa e que conta a história de um estudante que aluga um quarto em uma antiga casa que tem uma certa má fama, sabemos que uma antiga moradora foi queimada em fogueira acusada de ser praticante de bruxaria. Esse estudante começa a ter problemas de sonambulismo e pesadelos, onde ele via uma velha senhora (a bruxa) e um estranho rato, meio humano... Esse conto foi adaptado para o cinema (na verdade acho que o filme não chegou a passar em nenhum cinema, mas enfim) e apesar de terem amenizado bastante a história a adaptação é consideravelmente fiel ao conto, bem mais leve, mas da pra você ter uma noção da história e do nível de assombro que ler essa história proporciona.
  E finalizando o livro temos o conto mais curtinho chamado O Depoimento de Randolph Carter, curtinho e simples. Mas que causa arrepios e termina no momento perfeito.
  Em suma, é um livro incrível, que só perde o posto de favorito e uma estrela por causa do primeiro conto.

  Acho tanto que vocês precisam ler esse livro que vou até sortear um exemplar para vocês. Para participar é simples, basta:

  1. Ter endereço de entrega no Brasil.
  2. Ser seguidor do blog pelo Google Friends Connect
  3. Preencher atentamente o formulário abaixo APENAS UMA VEZ.
  A edição que será sorteada é uma igual a minha, da L&PM Pocket, se você tem problemas com livros de bolso nem participe.

  Vocês podem participar até 28/11 o resultado será divulgado na postagem de leituras do mês no dia 01/12.
  Boa sorte a todos ;)


Não deixe de votar em quem você quer que ganhe a disputa dos "Melhores do Ano" na postagem anterior a essa.

6 comentários:

  1. Oi, Rudi! Tudo bem? Poxa, adorei a promoção e a tua resenha, mas nem me animo em participar dela! :/ Como você sabe, eu sou bem medroso e acho que não rolaria ler esse livro! hahaha Mas fico feliz que (apesar do primeiro conto) você tenha curtido a obra! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/2015/10/resenha-premiada-muito-mais-que-5inco.html <- Tá rolando promoção do livro "Muito Mais Que 5inco Minutos" lá no blog! ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente curti... É até hoje não lembrei de pesquisar pra ver se existe filme baseado em Nas Montanhas da Loucura

      Excluir
  2. Mais um sorteio?? Tá "dinheirudo" hein! hehe :)

    ResponderExcluir
  3. Espero ganhar claro, como todo mundo espera. Se ganhar, será a primeira obra do autor que lerei.

    ResponderExcluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...