domingo, 15 de novembro de 2015

[Opinião]Para Continuar - Felipe Colbert

Editora: Novo Conceito (Novas Páginas)

N° de Páginas: 221

Citação:
Quando finalmente adormeço, recarrego minha esperança no mundo dos sonhos e busco nele a coragem que me falta para encarar o mundo dos vivos.''

Sinopse:
  Envolver-se com a jovem Ayako é a oportunidade perfeita para Leonardo César esquecer sua vida tediosa e perigosamente limitada, tudo por culpa de um coração defeituoso.
  Enquanto isso, com a ajuda de seu avô, Ayako tem a difícil missão de manter inacessível um porão com dimensões que vão além da loja de luminárias que ela gerencia, repleto de milhares de lanternas orientais, cujo mistério envolve os habitantes do bairro da Liberdade.
  A partir dos crescentes encontros entre Leonardo e Ayako, uma nova lanterna surgirá para os dois. Eles terão que protegê-la com afinco, ou tudo que construíram juntos poderá desaparecer a qualquer momento.
  O que ninguém conseguiria prever é que Ho, um jovem chinês também apaixonado por Ayako, colocaria em risco o futuro desse objeto. E com ele, o sentimento mais importante que dois seres humanos já experimentaram.

Booktrailer:


Opinião:
  Sabia do risco de não gostar do livro quando o peguei para ler, na quarta capa, onde a editora coloca o "Nesse livro você encontra:" além de romance tinha também fantasia, mas me empolguei pelo mistério anunciado como terceiro elemento da obra. Devia ter continuado com meus princípios e passado longe de um livro que tem como elemento principal o romance? Não.
  O fato é que até gostei do livro, me importei com os personagens, que são muito bem construídos, e a leitura fluiu muito bem, acompanhei uma história despretensiosa e que levanta alguns (poucos) questionamentos.
  Mas a história é boa... não, não é mesmo. Vamos ignorar o fato de os protagonistas terem se apaixonado com uma rapidez anormal, pra mim sempre se apaixonam rápido demais... O fato é que a história não faz sentido. Por que o amor de duas pessoas faria surgir uma lanterna oriental em um porão dos Senhores do Tempo (maior por dentro) em São Paulo? Não há explicação nenhuma no livro, sem falar em rompantes sem sentido da parte de alguns personagens (e nem estou falando dos que se baseiam no suposto amor que sentem, lembrem que estou ignorando minha aversão a isso).
  Em suma é um livro divertido, que faz você pensar sobre as relações familiares mas totalmente despretensioso, bem escrito mas mal construído, previsível mas não chega a ser entediante. Se vale a pena? Eu diria que sim, é ótimo para tirar de ressaca literária e passar o tempo. Duvido muito que será o livro favorito de alguém mas como é curto é possível ler rápido e apesar de tudo, não me pareceu uma perda de tempo, mesmo com seus clichês e ideia sem sentido.


2 comentários:

  1. Olá!
    Me interessei bastante por esse livro, e sempre vi resenhas elogiando muito ele, então me surpreendi com a sua que foi a mais negativa que vi até agora sobre o livro, mas entendo que você já tenha uma aversão a esse tipo de historias que um dos princípios é o romance, então como gosto de romance ainda pretendo ler rsrs
    Bjocas!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não foi apenas o romance que me incomodou nele, as coisas não fazem sentido, qual a lõgica das lanternas japonesas no subsolo de um bairro em São Paulo?

      Excluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...