domingo, 27 de dezembro de 2015

[Opinião] Quando Cair o Verão - Amelia Williams

Editora: Suma de Letras

N° de Páginas: 188

Citação:

Para lhes dar o devido crédito, não demoraram muito para perceber que eu sumira. Bem, acho que não é tão difícil assim notar a diferença entre 'agora você me vê' e 'agora... onde diabos eu fui?'. Eles pararam, se viraram, olharam um para o outro, franziram o cenho. Tudo sob a única lâmpada do beco, então eu tinha uma boa visão deles. Uma boa mira também, só que não tinha uma arma. Eles, sim - cada um com uma. Mas eu tendo a pensar que não é educado levar artilharia a uma festa pretensiosa. Só minhas armas naturais.''

Sinopse:
  Com uma nova introdução por Amelia Williams, Além de uma rara entrevista com a reclusa autora de ''A Garota que Nunca Cresceu''.

  Quando Cair o Verão por Amelia Williams (Inspirado pelo episódio "The Bells of Saint John")
  Na vila litorânea de Watchcombe, a jovem Kate está determinada a aproveitar ao máximo sua última semana de férias. Mas quando ela descobre uma misteriosa pintura chamada O Senhor do Inverno, a menina é levada a uma aventura que nunca poderia ter imaginado.

  O Beijo do Anjo por Melody Malone (Inspirado pelo episódio ''The Angels Take Manhattan")
  A detetive particular Melody Malone recebe uma visita inesperada: o astro de cinema Rock Railton. Na festa de lançamento do seu filme mais recente, o dono do estúdio convida Melody a se tornar sua próxima estrela, mas a detetive logo descobrirá que o preço da fama é maior do que se poderia imaginar.

  O demônio na fumaça, como narrado pelo sr. Justin Richards (Inspirado pelo episódio "The Snowmen")
  Num dia frio de inverno, dois garotinhos decidem fazer um boneco de neve -  e se deparam com um mistério brutal: o boneco de neve começa a sangrar... A busca por respostas levará um dos meninos, Harry, à aventura mais perigosa e empolgante de sua vida, ajudando a Grande Detetive, Madame Vastra, a salvar o mundo do aterrorizante demônio na fumaça.

Opinião:
  Vamos logo deixar claro que esse é um livro para fãs de Doctor Who, escrito por seus personagens. O livro aparece no episódio 6 da sétima temporada da série, o primeiro depois do especial de natal de 2012. E não acho que seja legal você lê-lo antes desse ponto. Até porque algumas coisas são... não reveladas, mas só acontecem depois de certas revelações que acontecem na série.
  A primeira história, que dá nome ao livro, é escrita por Amelia Williams, mais conhecida como Amy Pond, a acompanhante do Doutor na quinta, sexta e parte da sétima temporadas. E é a história mais fraca, sim. Depois de parar de viajar com o Doutor Amy se tornou autora de livros infantis/juvenis. E esses livros sempre trazem algo fora do comum, remetendo ao tempo que ela passou com o Doutor na TARDIS, sem nunca colocar os nomes ''reais'' das coisas (alienígenas, Doutor...) é uma história pra quem, assim como eu, tem saudade da personagem.
  A segundo história é escrita por uma das personagens mais misteriosas da série, pelo menos até a sexta temporada. E a personalidade dela está retratada de forma impecável, toda a insinuação, inteligÊncia e falta de vergonha, ela até fala isso em determinado momento: 
"Mas, se há alguém que é completamente sem vergonha, então, não tenho vergonha de dizer que sou eu."
  E a terceira história é sobre um caso que fica a cargo do melhor trio da história da galáxia. Madame Vastra, a siruliana; Jenny, a humana e Strax o sontariano. É de longe a história mais divertida e engraçada, grande parte da comédia devido aos exageros e suposta sede de sangue de Strax. A única reclamação que tenho a fazer é em um momento que falam algo como: "Madame Vastra olhou para Jenny, sua empregada e amiga." Sim, realmente ela se passa por empregada, afinal estão ''presas'' na Inglaterra Vitoriana e se precisam manter sua aparência em segredo, o que dizer de sua relação. Mas como é um livro para fãs não sei porque tanta hesitação em dizer que são casadas.
  O livro termina com uma repórter extremamente mau-educada entrevistando a Amy, e depois da forma como ela saiu da série da um aconchego, e ao mesmo tempo, um aperto, ver ela falando novamente.

  Em suma, é um livro para fãs, que os fãs vão adorar.



4 comentários:

  1. Parece fascinante Rudi!
    Eu Olho as vezes no meu pai, mas nunca consegui tempo pra olhar do 0 e acompanhar direito!
    Que 2016 seja um ano maravilhoso pra nós!
    Bjs da Le
    Le Versos & Controvérsias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E também seja o ano no qual você vai assistir Doctor Who :p

      Excluir
  2. Olá,
    Eu não assisto Doctor Who, então não faz sentido que eu leia um livro como esses, mas confesso ter vontade de começar a ver o seriado e acompanhar seus devidos livros, me interesso por temas como viagem no tempo.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...