domingo, 24 de janeiro de 2016

Aquisições #10 [Acho que Não Esqueci de Nada]

  
  Pois é, né!
  Mais uma vez acumulamos uns quatro meses, natal, aniversário e Black Friday... o resultado, uma porrada de coisa nova que vou mostrar agora, totalmente fora de ordem... Queria fazer um vídeo, mas resolvi deixar pra gravar quando eu tiver uma câmera decente. Assim sendo, vamos matar a saudade das fotos tremidas e desfocadas que um cara sem muito tato pra isso tirou.

  Começando com o que eu acho que foi o último livro que comprei. O Rei do Inverno, do Bernard Cornwell. O primeiro livro da trilogia As Crônicas de Arthur, não sou um grande entusiasta das lendas arthurianas mas sempre quis ler algo do autor, por que não começar com um dos mais famosos?

  Comprei na Avon um box da Agatha Christie com os livros Morte na Mesopotâmia, Os Elefantes Não Esquecem (que já li e você pode ler minha opinião sobre ele clicando aqui) e A Mansão Hollow. Sei que a edição normal da Nova Fronteira tem uma qualidade muito maior do que a vendida na Avon, mas decidi que prefiro continuar colecionando os livros da autora nas edições da L&PM Pocket.

  Comprei também essa edição da BestBolso de O Diário de Anne Frank, é um livro que quero ler a muito tempo e como gosto bastante das edições pockets (e a única outra edição que me atrai mais que essa custa uma fortuna) pensei, por que não? Pretendo ler em breve.

  Como disse pouco acima, quro colecionar os livros da Agatha Christie nessas edições de bolso da L&PM, então comprei Um Passe de Mágica, mais uma história da Miss Marple, já que o outro livro com a personagem (Um Corpo na Biblioteca) que li é, por enquanto o meu favorito da autora.

  Uma autora que já faz um tempo que quero conhecer é Virgínia Woolf, e como encontrei um livro dela do qual nunca tinha ouvido falar, que tem comentários na quarta capa dizendo que é o mais bem-humorado que ela escreveu e, principalmente, é sobre cachorros (♥) não exitei, além de ser pocket e ter saído bem baratinho.

  Sim, vamos continuar insistindo com John Boyne. Sempre ouço que O Garoto no Convés é um dos melhores, se não o melhor, livro do autor... só espero não ficar com vontade de estapear o protagonista, como frequentemente acontece comigo quando leio os livros do autor.

  Bem que dizem. Decepção não mata, ensina a viver. Isso se encaixa perfeitamente com minha experiência com o livro Viagem ao Fundo do Mar, do K. A. Montgomery. A proposta do livro é ótima, você escolhe o rumo que a história vai tomar. Mas as escolhas são basicamente para ou continua. Eu fiz o possível para prologar a história e ela ficou totalmente ridícula e sem nexo. Apesar de ter sido baratinho me arrependerei eternamente por não ter usado o dinheiro que gastei com ele em chocolate.

  Peguei com a autora, a Graciela Mayrink, o novo livro dela: Quando o Vento Sumiu, e já li ele, ela sem dúvida se superou em relação ao livro anterior. Uma leitura agradável e despretenciosa, perfeito para quando você está muito carregado e precisa espairecer um pouco, além de mostrar o poder de pequenas decisões. Vocês podem ler minha opinião mais completa clicando aqui.

  Claro que não podia deixar de garantir o meu exemplar de Simples Assim, a nova coletânea de crônicas da Martha Medeiros. Este compila as crônicas de metade de 2013 a metade de 2015. Ainda não consegui ler, mas não vejo a hora.

  Como, na minha cabeça, ninguém jamais será um(a) cronista tão bom(a) quanto Martha Medeiros. Sete Anos está a um bom tempo acumulando poeira na minha estante, assim sendo resolvi ler Fim primeiro, também da Fernanda Torres, para ver se ela me conquista como vem conquistando vários dos meus amigos blogueiros por aí.

  Ano passado foi um ótimo ano pra mim, no quesito séries de televisão, só conheci umas três, mas pra mim isso já é bastante, ainda mais por terem sido três séries tão incríveis: Doctor Who, Orphan Black e Jessica Jones. Então vi Homeland: Como Tudo Começou, do Andrew Kaplan e na quarta capa a frase "O melhor thriller da televisão americana'' e resolvi comprar, vou primeiro ler o livro pra ver se me interesso pela série. não acho que terá spoilers, afinal é ''como tudo começou''.

  Tá... eu comprei dois livro baseados em minecraft... não e só por eu gostar de livros baseados em jogos (vide meus 7 livros lidos baseados em Assassin's Creed pra provar) é porque eu entrei na livraria com crise de abstinência (óia a desculpa descarada) e decidi que não sairia de lá de mão vazias... só com os bolsos. Como só tinha livros auto-ajuda, eróticos ou que eu já tinha, acabei pegando esses por falta de opção claro que eu tinha a opção de não comprar nada, mas fale isso para o meu lado Becky Bloom, pretendo lê-los, e não teho a menor expectativa, espero que sejam, pelo menos, divertidos.

  A muito tempo venho querendo ler algo do Humberto Eco, e Número Zero é um livro que eu já estava namorando desde seu lançamento, não sei absolutamente nada sobre o autor ou o livro, mas como gosto de ler totalmente no escuro isso é bom Exceto para meus olhos, preciso começar a acender uma lâmpada.

  Outro livro que estava namorando desde seu lançamento, na verdade desde antes disso, era Onde Cantam os Pássaros da Evie Wyld. E li ele com as expectativas lá no céu, jogando o medo de me decepcionar aos cães e esperando que fosse o melhor livro da minha vida, e olha... ele foi... Algumas coisas, em relação ao final não ficaram muito claras para mim, mas sem dúvida é um senhor livro, que relerei (jura que o corretor não se manifestou?! Essa palavra existe mesmo?) muitas e muitas vezes na minha vida. Pode ler minha opinião com mais detalhes clicando aqui.

  Martha Medeiros me fez amar os livro gaúchos, e Fernando Aguzzoli só aumentou esse amor Quem, eu? é um relato comovente de um neto que vive com sua avó com Alzheimer, um relato pungente que mexeu muito comigo, pra quem não sabe, eu vim de Goiás para Santa Catarina para morar com a minha avó que sofre do mal de Alzheimer, talvez por fazer parte da minha realidade o livro tenha me tocado tanto e me feito chorar como uma criança. A próxima postagem será minha opinião sobre ele.

  Outro autor brasileiro, e um muito elogiado, inclusive. A tempos queria conhecer a escrita do Raphael Montes, mas O Vilarejo não era o livro que eu mais queria ler dele, como foi o único a que tive acesso, não teve outro jeito. E confesso que me surpreendi, eu esperava algo bom, mas não tão bom, nem tão macabro e cruel, ele, literalmente, jorra sangue das páginas. Você pode ler minha opinião mais detalhada clicando aqui.

  Como disse, uma das séries incríveis que descobri ano passado foi Doctor Who, e minha companion favorita é a Amy Pond, então como o livro Quando Cair o Verão foi ''escrito por ela'' fiquei louco para ler, principalmente depois do quinto episódio da sétima temporada :'(
  Essa edição traz também uma história da River Song e do melhor trio da série Madame Vastra, Jenny e Strax. PAra saber o qu eu achei do livro é só clicar aqui.

  Claro que eu não podia encerrar o ano sem um novo livro do Stephen King, Revival é o último livro do mestre lançado aqui no Brasil, sei que terá algo a ver com vida após a morte e ressurreição, mas tirando isso e o fato de ele ter uma capa desumanamente linda, não sei nada sobre o livro.

  Ganhei do meu pai o livro Pai Rico Pai Pobre, e como ele esqueceu de tirar a etiqueta do preço não pude deixar de fazer a piada: Pai rico, comprou esse livro, pai pobre (troço caro!!!) Já li e curti demais, tem muita coisa que podemos levar pra vida, e outras que é melhor torcermos para que ninguém o faça. Não fiz uma postagem específica porque acho que pouca ente, ou ninguém, iria se interessar muito pelo assunto abordado nele.

  Ganhei de aniversário O Poder da Escolha, da Zíbia Gasparetto. Eu tinha curiosidade de ler algum livro dela e tive a oportunidade... preferia não ter tido. Não curti nenhum pouco o livro, se quiser saber porquê é só ler minha opinião clicando aqui.

  De amigo secreto no meu serviço eu ganhei Simplesmente Irresistível, da Rachel Gibson. Não é um livro que faz meu estilo, mas como li a sinopse e me parece ser um livro engraçado eu pretendo ler... torcendo para não ser meloso.

  Outro livro que quero muito ler é Perdido em Marte, do Andy Weir. Não pretendia comprá-lo já, mas como queria com essa capa tive que me apressar, já que saiu o filme e vai ser difícil encontrá-lo nessa edição.

  Já falei na minha postagem sobre os autores dos quais quero ler tudo (essa postagem aqui) John Verdon é autor de dois dos melhores suspenses policiais que já li na vida, e apesar do último livro dele ter ficado bem aquém do esperado eu não via a hora de poder ler Peter Pan Tem Que Morrer, que inclusive já estou lendo, estou no comecinho mas ele meio que já reparou alguns dos erros que encontrei no livro anterior. Logo falo dele por aqui ;)

  Estava desesperado para saber o que aconteceria com Kvothe na continuação de O Nome do Vento, mas ainda não tive a oportunidade de lê-lo, ganhei O Temor do Sábio de natal e pretendo reler o primeiro antes, como vou viajar mês que vem provavelmente farei isso só em março...

  Mais um achado dos últimos anos foi Gillian Flynn, e agora posso ler seu livro de estréia, pretendo ler Objetos Cortantes ainda esse mês, se o tempo me permitir.

  A pouco tempo vi que havia saído uma nova edição dos livros da série As Crônicas de Gelo e Fogo, e como a última indicação da Milly (Mais Uma Página) que acatei se tornou um dos meus livros favoritos, resolvi dar uma chance, pretendo ao menos começar ainda esse ano. E devo dizer que adorei essas capas dessa edição especial para águias (é sério, só tendo a visão de uma para ler essas letras minusculas).

  Tive também o meu primeiro contato com a trilogia clássica de Star Wars, devo dizer que não morri de amores pelo universo, mas me diverti bastante e fiquei bastante interessado em assistir aos filmes (não, ainda não assisti) Os livros que comprei e já li são A Princesa, O Cafajeste e O Garoto da Fazenda, da Alexandra Bracken (opinião aqui), Então Você Quer Ser Um Jedi? do Adam Gidwitz (Opinião aqui) e Cuidado com o Lado Sombrio da Força, do Tom Angleberger (opinião aqui).

  Também ganhei de aniversário essa edição linda e desumanamente pesado de Inferno, do Dan Brown. o melhor é que combina com a edição de O Símbolo Perdido que tenho, já que ambas são ilustradas, gigantescas e pesam uma tonelada.

  Depois que eu li Sono (opinião aqui) resolvi que Haruki Murakami é outro autor que quero ler tudo que publicar, e então comecei com O Incolor Tsukuru Tazaki e Seus Anos de Peregrinação, livro que terminei essa semana e, apesar de não ser TÃO bom quanto Sono, com certeza é um ótimo livro... opinião em breve.

  Não costumo mostrar os quadrinhos que compro aqui, só depois que leio. Mas tive que colocar essa coisa linda que encontrei A Torre Negra: Traição é o terceiro volume dos quadrinhos que contam a história do mundo médio antes da série de livros, e meio que durante, já que os livros são lotados de flash backs também. Comprei o terceiro porque foi o único que encontrei. Mas estou louco querendo o primeiro (Nasce o Pistoleiro), o segundo (O Longo Caminho Para Casa) e o quarto (A Batalha da Colina Jericó) e se tiver outros eu quero também... Estou em oração para que a Suma lance uma edição decente dos livros da série para que eu possa trocar a minha, porque apesar de eu gostar de edições pockets e amar as capas dessa série (as da edição pocket) Stephen King merece destaque em qualquer estante.

  E já que mostrei um quadrinho, porque não mostrar os outros? Da coleção de capa preta da Salvat eu peguei Hulk Contra o Mundo, Eternos, Capitão América: Morre Uma Lenda, 1602, Capitão América: O Novo Pacto, Novos X-Men: Imperial e a parte 1 e 2 de Vingadores Eternamente

  Sinto que estou esquecendo alguma coisa, mas como essa postagem já está grande o suficiente vou parar por aqui... provavelmente só venho com outra postagem dessas em março, porque estarei de férias em fevereiro e vou viajar para Goiás e visitar a minha livraria queria e amada de lá :p Esperem muitos Kings ^^
  E vocês, o que compraram/ ganharam nesse fim de ano?... e começo... Grande abraço pro6 e até quarta ;)

10 comentários:

  1. Oii, adoreii, muuiito bom gosto, amei o blog também, estou te seguindo já, bjos.

    yuugracindo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Yuu,
      Apareça sempre que quiser ;)

      Excluir
  2. Uau, são muitas aquisições aí Rudi. Desses, o meu preferido é A Crônicas de Gelo e Fogo, é impossível não amar, pois mesmo sendo gigante, ele te transporta com facilidade para dentro de Westeros.
    Um grande abraço e que a Força esteja com você!
    http://www.paradageek.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu realmente espero que As Crônicas de Gelo e Fogo seja tão bom quanto você e a Milly sizem, caso contrário os atormentarei eternamente... :p

      Excluir
  3. Oi, Rudi! Tudo bem? NOSSA, QUANTA COISA! :O Como não vou dar conta de comentar uma por uma das suas aquisições, focarei apenas em comentar as das autoras que gosto: "Fim", apesar de algumas pequenas falhas, é ótimo. Quando ler comente comigo, por favor! "Objetos Cortantes" é incrível, e a mesma coisa serve para ele: também comente comigo, ok? Vou adorar conversar sobre o livro contigo! :) Ah, os da Agatha parecem ser ótimos. Também os comprei! :D

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos ver Tony, com certeza vou comentar contigo (afinal, segundo o facebook somos praticamente a mesma pessoa), mas talvez nossas opiniões sejam bem divergentes... vamos esperar pra ver ;)

      Excluir
  4. Rudi, tá ganhando bem né meu filho!!! Qto livro!!
    Que inveja dessa edição de Inferno :O
    E qto é o livro Pai rico Pai pobre? Hehe Pena vc não falar mais desse, adoro ver sua opinião, já que não posso comprar pelo menos dá aquele gostinho...
    Tomara que tenha aproveitado a viagem e matado a saudade dos seus amigos!
    Abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gih,
      Adorei a viagem, mal posso esperar pela próxima ^^
      Não estou ganhando tão bem assim, só gastando tudo :x
      Acho que vou falar do Pai Rico, Pai Pobre então (a propósito, a etiqueta dizia 65,00 muito mais do que eu mesmo pagaria)

      Excluir
  5. Muitos dos livros citados acima não me desperta interesse de leitura por causa do gênero, outros me despertaram interesse, e alguns já estão na minha lista de desejados como o livro da Rachel Gibson, e o livro o poder da escolha, muitos já tinha ouvido falar mas a trama não me cativou. Nesses últimos meses você realmente adquiriu bastante livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lana.
      Eu não esperava morrer de amores por O Poder da Escolha, mas tambem nao esperava que ele fosse tão ruim, sobre o da Rachel, ainda tenho medo de ser amorzinho demais pra mim, então vou deixando ele de lado e enrolando pra ler, ao menos por enquanto

      Excluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...