terça-feira, 5 de abril de 2016

[Opinião] Quem, Eu? - Fernando Aguzzoli

Editora: Paralela

N° de Páginas: 191

Citação:
Ao longo da vida somos confrontados com perdas, algumas repentinas e outras já previstas. Logo na primeira perda marcante, nos aproximamos do contexto da morte; isso deixa de ser um cenário de filme e passa a ser uma nova realidade. Assim como tudo na vida, ela traz consigo aprendizado. Se de alguma forma somos obrigados a lidar com a vida e aprender com ela, em algum momento seremos, então, obrigados a lidar com a morte.

Sinopse:
  Esta é a história de Fernando, um neto que virou pai. Quando a avó que o criou foi diagnosticada com a doença de Alzheimer, ele se deu conta de todas as dificuldades que não paravam de surgir no cotidiano dela. Assim, aos vinte e poucos anos decidiu trancar a faculdade e adiar outros planos para cuidar exclusivamente da vovó Nilva. Neste livro comovente, mas cheio de humor, ele nos conta como essa escolha foi fundamental para lidar com a dor e conseguir encontrar alegrias mesmo nos momentos mais complicados.

Opinião:
  Sabe aqueles livros que te chamam a atenção e você nem sabe direito o porquê? Foi o que esse livro fez comigo.
  Se eu soubesse que ele é sobre uma senhora portadora do mal de Alzheimer teria lido ainda antes. Pra quem não sabe minha avó é portadora de Alzheimer, e é complicado conviver com uma pessoa com essa doença. Agradecemos a Deus pelos dias bons e pedimos força nos maus. E nesse livro conhecemos a história do Fernando, um jovem de 20 e poucos anos que largou tudo para se dedicar aos cuidados de sua avó.
  O livro conta com várias informações sobre a doença e no final, pra descontrair, ele transcreve as conversas mais impagáveis que ocorreram enquanto a nona Nilva ainda estava viva.
  Toda a história é contada com muito bom humor, mas isso não me impediu de chorar como uma criança enquanto lia.
  Uma coisa incrível é que o livro traz alguns ''Códigos QR'' (sei lá como devo chamar aqueles quadrados estranhos) que quando escaneados nos levam a alguns vídeos que Fernando gravou enquanto conversava com sua avó.
  Em suma, é um livro que consegue ser hilário e comovente, talvez não tenha tanto peso pra quem não passa ou passou por algo parecido, mas se você tem uma mãe, vó ou bisavó na mesma situação com certeza será tocado profundamente por esse relato.



6 comentários:

  1. Oi Rudimar!
    Li este livro e amei, o terei na minha estante para sempre (só seguro livros que amo). Sou gaúcha e a família da Vó Nilva tbm é, então tudo me é muito familiar, a aparência da vó lembra minha mãe, o jeito de falar do Fernando lembra meus amigos e mesmo não tendo ninguem com a doença na família me emocionei demais, demais. É muito triste pensar que alguém que você ama pode simplesmente esquecer de você e o bom humor para enfrentar essa adversidade é realmente muito tocante.
    O melhor é que o Fernando não finge que tá tudo maravilhoso, ele fala de vez em quando que perdeu a paciência, que ficou irritado, que precisou respirar fundo.. o foco é no bom humor, mas sem ser hipócrita.
    Ele esteve na minha faculdade na época do lançamento do livro e não pude ir vê-lo, mas comprei o livro lá mesmo e não me arrependo. Recomendo a todos.
    Bjss | www.vivendovivi.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, é uma grande lição de vida, é difícil conviver com alguém com a doença mas temos que ser gratos a Deus pelos dias bons, e o bom humor com certeza é o melhor remédio nesse caso

      Excluir
  2. Ainda não li,mas depois de ler essa postagem quero muito ler,a capa está linda e delicada. O titulo está bem forte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu, na verdade nem sabia sobre o que se tratava, mas quando vi o nome (nem prestei atenção à capa) lembrei do "Chiquinha, me diga dois pronomes"

      Excluir
  3. Não lí também, mas parece um livro inspirador deve ser difícil ter que largar tudo , mas foi por uma boa causa a Família vem em 2 lugar o primeiro é Deus. A capa é linda e a resenha é incrível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Simone,
      concordo contigo ^^

      Excluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...