quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Leituras do ano: as 10 melhores e as 5 decepções

  Oi povo, como de praxe vamos conversar sobre as melhores e piores livros do ano passado. Para ler minha opinião mais detalhada basta clicar na foto dos livros.

Os 10 Melhores

  Já está virando tradição o primeiro livro que leio no ano ser um dos melhores, dessa vez foi o Eu Vejo Kate, fiz parte de um booktour organizado pela Letícia, do finado Le Versos e Controvérsias, e foi um livro difícil de digerir, muito pesado e realista, que incomoda. Mas de uma maestria que eu nunca tinha visto antes, não sei se tenho estômago para relê-lo.

  Janeiro é um mês maravilhoso para leituras, Onde Cantam os Pássaros foi o segundo livro que li no ano e sem dúvida o melhor. Não é um livro fácil, demorei um pouco para entender o que estava acontecendo, e depois de terminar de ler demorei alguns meses para formar uma opinião definitiva sobre o que o final do livro significa... e ele é incrível.

  Haruki Murakami é meu autor favorito, e depois de pensar um pouco acho que o melhor livro que li dele esse ano foi O Incolor Tsukuru Tazaki e Seus Anos de Peregrinação. Uma história envolvente e tocante, cheio de lições nas entrelinhas e mais um que não entendo totalmente o final, mas ele nos instiga a pensar e tirar nossas próprias conclusões, essa é uma das razões para o livro ser tão incrível.

  O que fica lá no topo dos favoritos, disputando o primeiro lugar com Onde Cantam os Pássaros é O Deserto dos Meus Olhos, do jovem autor nacional Leon Idris, que foi um grande achado nesse ano, mais uma vez é um livro complexo, que trata de viagem no tempo, mas não é bem isso, é muito mais complicado e profundo do que se pode imaginar ao ouvir a sinopse.

  Confesso que esse livro está aqui mais pela surpresa do que por ter sido assim TÃAAAAO incrível, obviamente gostei muito dele, mas fiquei em dúvida entre ele, O Sol é Para Todos e Sobre a Escrita, acabei escolhendo As Aventuras de Pi porque foi o que mais me impressionou, já que os outros eu tinha altas expectativas, e elas foram sim alcançadas, então eles ficam por aqui como menções honrosas.

  Claro que O Mundo Perdido, continuação de Jurassic Park, tinha que figurar aqui, não só pela incrível história, mas também por toda discussão sobre ética científica e ambiental levantada no decorrer das páginas. Ainda não falei dele aqui no blog, mas nas próximas semanas sai minha opinião sobre ele.

  Setephen King dominou essa lista ano passado e dá as caras esse ano novamente, O Vento Pela Fechadura é um spin-off de A Torre Negra, e sua história se passa entre o quarto e quinto livros da série, e talvez seja o melhor dela até agora (apesar de que As Terras Devastadas é realmente muito bom) aqui acompanhamos uma história, dentro de uma história, dentro de outra história, e conhecemos uma parte do Mundo Médio bem peculiar, e também a incrível saga de um garoto para salvar a mãe e vingar o pai.

  Pode parecer que estou me repetindo, mas na verdade esse O Mundo Perdido é bem diferente do outro, aqui temos a história que inspirou a série de TV, e não possui tantas discussões e lições de vida e ética, mas é uma deliciosa aventura, com alguns absurdos, mas ainda assim envolvente e divertida.

  Sempre vejo o pessoal que gosta do King falar que O Cemitério é seu melhor livro, não diria o melhor, mas com certeza ele é um livro incrível, que vai muito além do terror, mais uma vez não achei o terror grande coisa, achei ele hilário, em alguns momentos, na verdade. Mas acima de tudo é uma história tocante sobre o desespero advindo do luto.

  Para terminar, mais Stephen King, mas agora como assunto, e não como autor. Coração Assombrado é a biografia não-autorizada do autor que eviscera a vida dele (como toda biografia, dã), e conseguimos compreender um pouco melhor a obra dele estudando sua vida e seus traumas.

Menção honrosa

  Já falei de O Sol é Para Todos e Sobre a Escrita como menção honrosa, mas quero registrar também Deixados Para Trás, que só não entra na lista principal pois não é lá a coisa mais bem-escrita do mundo, mas a história é envolvente e o final, minha gente, que final.

As 5 Maiores decepções

  Esse ano tive várias decepções literárias, tanto que foi difícil selecionar as 5 piores, mas levando em conta a expectativa que eu tinha, as que ficaram mais aquém são:

  Mais uma vez, King. Doutor Sono tinha tudo para ser um livro incrível, eu não esperava outro O Iluminado mas com certeza esperava algo, pelo menos, bom. E não foi o que eu encontrei, o livro é cansativo e tem vários erros de continuidade e as personagens se baseiam em suposições que não fazem quase nenhum sentido.

  Se você acompanhou o blog esse ano sabe que esse livro ia aparecer aqui. As Luzes de Setembro talvez seja a maior de todas as decepções, Zafón é um dos meus autores favoritos e adoro o modo dele escrever, mas esse livro é fraco e irritante, e consegue ser cansativo tendo menos de 250 páginas.

  Outra grande decepção foi 2001: Uma Odisséia no Espaço, um livro onde não acontece nada e tem um final ridículo, nem merece que eu fale muito sobre u.u

  Homens, Mulheres & Filhos foi o pior de todos, pelo nome e pela capa eu achei que seria um drama familiar comovente, mas não passa de uma imoralidade sem fim.

  Assim como King, Murakami está nos dois lados da moeda nessa lista, e sinceramente, me preocupa o fato de tanta gente gostar tanto de Norwegian Wood. Vou explicar melhor o porquê disso na minha opinião, que vou publicar nas próximas semanas.

  E é isso pessoal, quais foram os melhores e piores livros que vocês leram em 2016? Deixem nos comentários como indicação, ou não, de leitura.

2 comentários:

  1. Rudi meu querido! Senti falta dos seus posts! Não vejo a hora de terminar Onde Cantam Os Pássaros para podermos discutir sobre.
    P.s: DOUTOR SONO NÃO DEVERIA NEM TER SIDO PUBLICADO, NA MINHA HUMILDE OPINIÃO!kkk

    Beijos**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não odiei Doutor Sono desse tanto, mas me decepcionei bastante, como você bem sabe.
      Sei que já terminou OCOP. muito bom né ^^

      Excluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...