domingo, 23 de abril de 2017

[Opinião] Cartas de Um Diabo a Seu Aprendiz - C. S. Lewis

Compre pela Amazon e ajude a manter o blog
Editora: WMF Martins Fontes

N° de Páginas: 202

Quote:
Quando dois humanos vivem juntos por muitos anos, é bem comum que cada um tenha um tom de voz ou uma expressão facial que sejam quase insuportáveis para o outro"

Sinopse:
  Dedicado ao seu amigo J. R. R Tolkien, esta obra-prima da ironia divertiu e instruiu milhões de leitores com seu retrato zombeteiro e irônico da vida humana feito a partir do ponto de vista do diabo Fitafuso. Ao msmo tempo freneticamente cômica e surpreendentemente original, a correspondência entre o experiente diabo e o seu sobrinho Vermebile mostra o lado mais sombrio e jocoso de C. S. Lewis.

Opinião:
  Como dizia Lutero: "O melhor método de expulsar um demônio, se ele não ceder aos textos das Escrituras, é ridicularizá-lo, zombar dele, pois ele não suporta o escárnio"
  É dessa forma que C.S.Lewis decide expulsar os maus espíritos de sua vida, criando uma ficção que, apesar de fazer muito sentido e ter um tom sombrio em vários momentos, nada mais é do que a mais corajosa chacota de todos os demônios.
  O livro, como o nome sugere, é contado em cartas, cartas essas enviadas do demônio Fitafuso para seu sobrinho, Vermebile, um jovem demônio que está estreando na carreira de tentador.
   Como, acredito que, está óbvio, esse é um dos vários livros cristãos escritos pelo autor. ele mostra como o acusador age nas nossas vidas, influenciando através de sopros nos ouvidos, plantando preguiça e discórdia, é um livro que, apesar do tom de chacota, nos faz pensar, no quanto temos dado brecha para o mal entrar em nossas vidas e nos fazer cair, o quando achamos que somos os maiorais e tentamos resolver tudo com a força do nosso braço, coisa que, convenhamos, nunca
funciona.

"Mas é Sua política de longo prazo, receio eu, restituir-lhes um novo tipo de amor próprio - uma caridade e gratidão por todos os seres, incluindo eles próprios; quando, finalmente, aprenderem a amar o próximo como a si mesmos, terão permissão para amar a si mesmos como a seus próximos. "


2 comentários:

  1. Oi, Rudi! Tudo bem? Só de ter o nome diabo no título eu já tenho medo, mas a premissa da obra é bem legal. Sem falar que gostei da metalinguagem e a mensagem por trás do diabo. Porém, do C.S. Lewis, só tenho vontade mesmo de ler As Crônicas de Nárnia. Adorei o post! :)

    Abraço

    https://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...