quarta-feira, 4 de outubro de 2017

O Caminho do Feixe de Luz [Guia de Leitura de A Torre Negra]



  Oi povo,
 Vamos começar essa postagem dizendo que teremos grandes mudanças nesse blog, explicarei isso melhor na próxima postagem, que se tudo der certo sairá no próximo domingo.
  Enfim, meu gosto tem mudado bastante, cada dia mais, e algumas coisas já não são tão "essenciais" quanto um dia já considerei, uma delas é ler toda a obra do Stephen King, claro que ainda gosto do autor e se surgir a oportunidade vou ler sim a obra dele, mas já não dou tanta importância a isso, mas se você pretende se aventurar na série da Torre Negra (cujo filme saiu esse ano e, como eu esperava, não tem absolutamente nada a ver com os livros) deve saber que existem milhares de referências ao restante da obra do King na série. 
 Mas será que é necessário ler todos os livros dele para pegar todas as referências? A resposta, pequeno gafanhoto, é não! Encontrei um guia na internet com uma ordem de leitura para que nenhuma referência te escape.
   Claro que você pode ler apenas a série e ignorar qualquer ligação externa, mas eu, particularmente, acho interessante não fazer isso, tanto que pensei em comprar o box e ler na ordem desse guia, relendo os livros que já li, mas mudei de ideia, de qualquer forma resolvi compartilhar esse guia com vocês.
  Os livros que já li estão com as postagens referentes a eles linkadas a suas fotos ;)

Compre pela Amazon e ajude a manter o blog

  E que melhor maneira de começar do que pelo primeiro livro da série, eu li esse a quase quatro anos atrás e ainda me lembro bem dos acontecimentos, se prepare para entrar em um novo mundo onde poucas coisas serão explicadas.

  O próximo da fila é um livro que super queria ler a uns 4 anos atrás, mas depois que o comprei ele ficou ali, esquecido, já vi o filme e... com várias ressalvas, gostei, mas não consigo imaginar o que Saco de Ossos tem em comum com A Torre Negra, provavelmente alguma coisa que não colocaram no filme.

  O terceiro livro do nosso guia é A Escolha dos Três, o segundo livro da série. Li esse em março de 2014 e lembro que foi nele que a série me fisgou de verdade.

  O quarto livro é Os Olhos do Dragão, que só li depois de ler o quarto livro da série, e se tinha alguma relação com o terceiro eu passei batido, mas temos um personagem desse que aparece, de forma um tanto modificada, na série.

  Então chegamos ao quinto passo em direção a Torre, e ao meu livro favorito da série As Terras Devastadas é o terceiro volume da série e é onde conhecemos realmente alguns segredos, onde somos apresentados aos vilões, onde vemos os reflexos do mundo médio no nosso, e onde acontece a cena mais incrível que foi até, razoavelmente, respeitada pelo filme.

  Chegamos então ao mega-calhamaço A Dança da Morte, e todo o pessoal que faz esse guia fala que é essencial ler esse livro antes do quarto volume da série... eu não li, mas como sei "marromeno" sobre a história consegui pegar a maior referência, e tenho várias teorias sobre as outras, maaaas, dizem que você só vai entender o quarto livro lendo esse primeiro (talvez por isso tenha sido tão difícil avançar nele para mim, claro, isso e o fato de ter 1012 páginas)

  O sétimo livro é Mago e Vidro, o quarto volume da série, falei ali em cima das 1012 páginas, mas depende da sua edição, inegável é que esse é o maior livro da série, e só perde para dois ou três desse guia.

  Seguimos então para O Vento Pela Fechadura, que é uma história dentro de uma história, dentro de outra história. Também é um dos meus favoritos da série, é mais para conhecer o mundo do que para avançar na série, até porque ele foi escrito depois da série concluída e adicionado no meio da história, sem influenciar muito no que acontece depois (eu acho, foi o último da série que li)

  Chegamos então ao livro que todo mundo está lendo por esses dias, ou leu no ano passado. Tenho algumas teorias sobre qual é a ligação entre It e a série, mas como não terminei a série e nem li A Coisa prefiro não fazer papel de bobo.

  O décimo livro é Insônia, mas acho que pode ser lido mesmo antes de começar a série, é um dos livros mais lentos que já li na vida, e ele é grande, então se prepare pra uma loooonga leitura, é gritante a ligação dele com a série, pelo menos nele, acho que lá pelo quinto livro deve ter referência a ele na série.

  Falando em quinto livro da série, nosso décimo primeiro livro é Lobos de Calla, ainda não li esse, mas sei que a rosa estará ameaçada aqui (afinal ela já estava em evidente perigo lá no terceiro livro) e talvez isso não faça sentido pra você que nunca leu a série, mas se você leu você sabe: As rosas são importantes.

  Chegamos então a Jerusalem's Lot, ou 'Salem Lot, para os íntimos, no posfacio de Mago e Vidro o autor fala qual personagem desse livro aparecerá na série (estragando a surpresa? Talvez) e é interessante ler para conhecer o dito personagem, além do livro ser muito bacana.

  Nosso décimo terceiro livro é Misery, o livro mais pé no chão do autor que já li, sem nada de sobrenatural além de uma clara referência ao hotel de O Iluminado, o que me faz ficar pensando... que raios esse livro tem a ver com uma série de fantasia?

  Talvez o livro mais cruel que eu já tenha lido do autor, mesmo que eu não tenha nem chego na metade dele ainda, Desespero é outro livro que, pelo menos até onde eu li, não tem nada e sobrenatural (além de psicopatismo), não sei que relação terá com a série. Acho interessante aqui fazer uma menção honrosa a Os Justiceiros lançado pelo pseudônimo de Richard Bachman, já que são livros espelhos e até as capas se complementam.

  Finalmente pegando um livro mais curto, temos o sexto livro da série, Canção de Susannah cujo título me deixa bastante curioso.

  Nosso décimo sexto livro é uma coletânea de contos, Tudo é Eventual, mas não são todos os contos que entram na brincadeira das referências, apenas dois: Tudo é Eventual, que dá nome à coletânea e As Irmãzinhas de Eluria.

  Voltando para os grandes calhamaços temos O Talismã escrito em pareceria com Peter Satraub

  E também A Casa Negra, que tenho quase certeza que é uma continuação d'O Talismã, não li nenhum desses, mesmo assim tenho teorias sobre a ligação deles com a série.

  Chegamos então ao décimo nono livro do guia com o sétimo volume da série, A Torre Negra finaliza a série, mas ainda temos mais dois livros e um conto nesse guia.

  Sei muito pouco sobre Rose Madder, mas é outro que imagino qual tipo de ligação terá com a série, sei que esse é o favorito de muitos fãs do King, principalmente dentre os que preferem os livros não voltados para o terror, como ainda não li não posso opinar sobre isso.

  Então vamos para um dos livros que menos me chama a atenção em toda a obra do King Buick 8 é considerado por quem já leu uma tentativa frustrada de colocar uma nova Christine no mundo.

  Nosso vigésimo segundo e último livro é, na verdade, um conto, como já disse, mas é um conto bem extenso e poderia muito bem ser publicado como livro, como isso não aconteceu você pode encontrar O Nevoeiro na coletânea Tripulação de Esqueletos, e se você assistiu a série da Netflix, sinto muito pelo tempo de vida desperdiçado.

  E é isso povo, o Feixe de Luz está aí, basta segui-lo, se assim desejar.


9 comentários:

  1. Está aí um autor que nunca vou ler (!?!).
    Sou facilmente impressionável (de perder sono e tudo) ahahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkk
      Ele não escreve só terror, tem uma coletânea de contos chamada Quatro Estações que, pelo que sei, não tem nada de terror. Tem À Espera de Um Milagre, tem Novembro de 63, tem Zona Morta, Mr. Mercedes, Sob a Redoma, A Garota que Amava Tom Gordon, Eclipse Total, Joyland (tem um fantasma, mas não tem nada de assustador), alguns desses tem mistério, mas não terror, boa parte é drama

      Excluir
  2. Ah e não demore em informar as mudanças, fiquei curiosa ;)

    ResponderExcluir
  3. Oii Rudi!
    Olha quem tá de voltaaa! :)
    Não imaginava que os livros do King tinham essa ligação toda! Meu gosto literário mudou bastante de uns tempos pra cá, mas a vontade de ler King persiste e ano que vem pretendo começar um projetinho de ler pelo menos um livro do autor por ano. Mas confesso que a série A Torre Negra tá lá pro final da lista... :/
    Fiquei curiosa sobre as mudanças que você vai anunciar. Ansiosa por domingo!
    Beijos!

    Mais Uma Página

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Milly,
      Muito bom te ter de volta, as mudanças foram anunciadas. Acho que deixar a série para o final da lista é uma boa ideia

      Excluir
  4. A trajetória de Stephen King é impressionante. Sou fã por que tem uma maneira muito particular de contar suas histórias, é reconhecido por tornar o gênero de terror um evento verdadeiro. A torre negra se tornou em uma das minhas histórias preferidas desde que li o livro, quando soube que seria adaptado a um filme, fiquei na dúvida se eu a desfrutaria tanto como na versão impressa. Quando vi o elenco, automaticamente escrevi nos filmes que deveria ver porque o elenco é realmente de grande qualidade, sobre tudo Idris Elba esta impecável no filme A torre negra. Ele sempre surpreende com os seus papeis, pois se mete de cabeça nas suas atuações e contagia profundamente a todos com as suas emoções. Suas expressões faciais, movimentos, a maneira como chora, ri, ama, tudo parece puramente genuíno. Seguramente o êxito de Idris Elba filmes deve-se a participação dele no filme, porque tem muitos fãs que como eu se sentem atraídos por cada estréia cinematográfica que tem o seu nome exibição. Acho que é um dos melhores filmes que fizeram.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luciana!
      Que bom ler isso!
      Sobre o filme, eu também gostei, mas não acho que pode ser levado a uma categoria de de um dos melhores filmes, é claro que ele possui muitas diferenças com o livro, afinal seria impossível adaptar toda a história em um único filme, e se fossem criar um filme utilizando apenas a história do primeiro livro dificilmente agradaria, ainda tenho esperança de que essa história vire uma série televisiva bem fiel ao original

      Excluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...