quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Sobre metas

  Olá povo,
  Hoje vim ver com vocês como foi meu ano, em relação as metas que compartilhei aqui no fim do ano passado (nessa postagem)

           A primeira meta era referente ao número de livros, era 50, no presente momento já li 52 \o/ e acho que consigo terminar mais dois até domingo.

          Outra meta era terminar algumas séries, selecionei A Torre Negra, Os Deixados Para Trás e Os Legados de Lorien... não concluí nenhuma. Não li nenhum da Torre Negra, li só Comando Tribulação da Série dos Deixados Para Trás, e nem fiz postagem sobre, li O Poder dos Seis (esse tem postagem) e metade de A Ascensão dos Nove do Legados.

         Outa meta era começar a trilogia Mundo de Tinta da Cornélia Funke, só peguei os livros da trilogia para me desfazer deles.

          Também me propus a usar fotos próprias para ilustrar o blog, até fiz isso, mas não levei adiante e também mudar o nome do blog, isso eu fiz.

       
         Duas listras vermelhas para mostrar o tamanho da falha nessa meta, separei um livro pra cada mês e... bem.
  Janeiro era o mês de Cem Anos de Solidão, dediquei janeiro inteiro, praticamente, e insisti até outubro, acho, mas não consegui chegar nem na metade do livro... não era pra mim.
  Fevereiro era O Lobo de Wall Street, provavelmente foi o mês que eu passei o livro pra frente.
  Março era pra ter lido Os Pilares da Terra, só tirei ele da estante esse ano para limpá-la.
  Abril era pra concluir Precisamos Falar Sobre o Kevin, não fiz questão, outro livro que não é pra mim.
  Maio era pra ler Corajosos, que está ali na estante, ainda lacrado.
  Junho era pra ler A Sombra do Vento, comecei a ler esse livro, é um dos que estão em andamento, mas comecei bem mais recentemente do que junho.
  Julho achei que finalmente ia ler Deus Não Abandona, outro que só saiu da estante para que eu pudesse tirar o pó dela.
  Agosto ia concluir Golem e o Gênio, troquei ele no Skoob muito antes.
  Setembro ia voltar a ler Sidney Sheldon com A Ira dos Anjos... não li.
  Outubro ia finalmente ler Memórias de Uma Gueixa, nem vou tentar me justificar.
  Novembro era pra ter lido Um Mundo à Parte, no meio do ano decidi trocar por outro livro da autora, mas não li nenhum dos dois.
  Dezembro ia finalmente ler Doze Anos de Escravidão... já sabem né.

       Outra meta era comprar menos livros do que em 2016, uma meta fácil de cumprir, considerando o consumo desenfreado que tive naquele ano.

        Por último disse que ia me tornar assinante da TAG, fiz, desfiz, fiz de novo, desfiz mais uma vez, e agora refiz... 

  Enfim, já vimos que não lido bem com TBRs, então vou me abster de fazer isso novamente. E vocês? Cumpriram suas metas?



8 comentários:

  1. Minhas metas literárias estão um desastre... Comprei BEM MAIS do que li (e olhe que consegui ler 50 livros esse ano \0/) - mas, ainda continuo comprando livros de mais (só ontem chegaram 6 livros físicos, fora os ebooks hahahaha).

    Daí para 2018, eu fiz uma ÚNICA meta: cada 5 livros lidos, eu posso comprar 1 livro (seja físico, seja ebook).

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma boa também, acho que vou aderir kkkk

      Excluir
    2. Já quebrei a meta: não li nem um livro ainda (tô enrolando pra ler Origem, de Dan Brown), e comprei dois ebooks.
      A ~desculpa que usei foi o valor: entraram em promoção HAHAHAAHA

      Excluir
    3. Kkkkkk, super te entendo, usei mesma desculpa ontem mesmo

      Excluir
  2. Nem comentei sobre a TAG... O que você achou? Morro de medo de assinar box literários (e o medo é por puro pré-conceito, assumo ahahahaha).
    Já viu a box do Skoob? O que achou?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro a TAG, das que experimentei é a que mais vale a pena, por mais que os livros não sejam muito chamativos, a um primeiro momento, os que eu li eu adorei.
      Já vi a do Skoob, acho bacana o fato de vir meio mundo de coisa nela, mas não me chama muito a atenção o tipo de livros que eles enviam, além do fato de que vi uma menina dizendo que dois meses seguidos recebeu livros que já tinha, já que eles não focam em lançamentos, muitas vezes pegam livros famosos que todo mundo já leu para enviar, mas não sempre

      Excluir
  3. Olá Rudi, Feliz Ano Novo!

    Muito criativo seu post. Eu encaro essas metas literárias como brincadeiras mesmo, não dá para "ler/viver" sobre pressão o tempo todo.

    Eu nunca cumpri minhas metas (LITERÁRIAS) 100%, mas continuo fazendo porque acho legal... gostaria de saber sua TBR2018 (eu sei que tem uma ou algumas rsrs)

    Abs
    CAFÉ E BONS LIVROS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha,
      Eu também nunca cumpro, pra 2018 continuo querendo terminar as mesmas séries, ler qualquer coisa da Jodi Picoult, ler mais contos, ler Os Pilares da Terra, já comecei Deus Não Abandona, voltar a ler Sidney Sheldon, diminuir ainda mais minhas compras de livros... Acho que é isso ^^

      Excluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...