domingo, 29 de dezembro de 2019

[Opinião] O Evangelho Segundo Paulo - John MacArthur #257

Compre pela Amazon e ajude a manter o blog
Editora: Thomas Nelson Brasil

N° de Páginas: 231

Quote:
"No Antigo Testamento, as pessoas às vezes queimavam os seus filhos pequenos vivos como sacrifício a Moloque, pensando que alcançariam o favor de uma divindade irada e implacável. Mas, se você acha que essa atrocidade cruel e egoísta só pertence ao passado distante, leve em consideração que as multidões nos dias de hoje são ativamente a favor do aborto (o assassinato proposital de bebês que ainda não nasceram) porque elas querem ser politicamente corretas. Elas estão desesperadas para parecerem 'corretas' diante dos olhos do mundo." 

Sinopse:
  Uma análise reveladora do que o apóstolo Paulo realmente ensinou.
  Em O Evangelho Segundo Paulo, você verá como Paulo, apesar de ser o mais culto dos apóstolos, resume a mensagem do Evangelho em algumas palavras seletas em diversas passagens concisas e densas de suas epístolas. Cada um desses textos-chave tem uma ênfase específica que destaca um aspecto essencial das boas-novas que Paulo pregava com tanto zelo.

  Neste estudo profundo e contundente das epístolas paulinas, o renomado teólogo John MacArthur nos explica versículo por versículo os pontos fundamentais dessa mensagem propagada por Paulo. Ao explicar as passagens de modo claro e acessível, MacArthur nos convida a relembrar as boas-novas e a continuar propagando o Evangelho que é o poder de Deus para salvar.

Opinião:
  Esse foi o me primeiro contato com a obra do autor, e posso dizer que comecei muito bem.
  Aqui o autor vai falar, como é óbvio pelo título, da forma como Paulo espalhou as boas-novas, mostrando a forma única de pregar que o apóstolo tinha, dissecando os versículos, MacArthur mostra que Paulo, embora fosse, com larga vantagem, o mais culto dentre os apóstolos, não usava de rococós e era bastante objetivo em seus discursos, usando palavras que se adequassem ao público ao qual estava falando, como ele mesmo disse: "fazendo-se de grego para ganhar os gregos".
  Como que para ilustrar isso, o autor também escreve com uma fluidez impressionante, o livro tem um ritmo maravilhoso e o autor se mantém conciso e direto em seu texto, ainda assim ele derrama muita informação no decorrer das páginas, ao contrário do que pode dar a entender, o livro não deixa o leitor sobrecarregado e perdido.
  Apesar disso o diálogo é também bastante bruto, na falta de termo melhor, ele não enfeita o que vai dizer e fala também da importância disso, mostrando que um dos ensinamentos de Paulo foi também o de não nos conformarmos com este mundo e que a verdade deve ser propagada, independente dos "problemas" que ela possa nos causar.
  É um livro mito bem dividido e bastante curto, qual não foi minha surpresa ao chegar na metade, aproximadamente, e ao iniciar um novo capítulo percebo que tem o título de Epílogo. o livro foi escrito, originalmente, até este epílogo, mas depois dele o autor acrescentou alguns apêndices, quatro, para ser exato, onde elevai abordar alguns outros assuntos ou os mesmos já abordados com mais profundidade, são adendos com tanto importância quanto o restante do livro.
  Super indico a leitura deste livro para todos, mas admito que ele não é o livro mais extraordinário do mundo pois traz alguns temas que são bem simples, isso pode também ser visto como ponto positivo, para introdução de pessoas que não tenham qualquer conhecimento bíblico, mas para os mais velhos na fé acaba sendo meio que chuva no molhado, mas isso não desqualifica o livro, de forma alguma.

https://www.skoob.com.br/autor/4788-john-macarthur

Um comentário:



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...