sábado, 9 de novembro de 2013

Semana Especial Nárnia: Príncipe Caspian

"Não seria medonho se um dia, no nosso mundo, os homens se transformassem por dentro em animais ferozes, como os daqui, e continuassem por fora parecendo homens, e a gente assim nunca soubesse distinguir uns dos outros?"
[Ah, Lúcia... isso já aconteceu]

  A melhor história de Nárnia até o momento, depois que Lúcia, Edmundo, Susana e Pedro voltaram ao nosso mundo, e passou-se um ano, eles foram sugados para Nárnia novamente, o porquê será explicado no decorrer da história... mas, embora em nosso mundo tenha se passado apenas um ano, em Nárnia passou-se centenas ou milhares. O castelo de Cair Paravel está esquecido, as criaturas fantásticas e os animais falantes quase extintos, as árvores, Náiades e Dríades estão há muito adormecidas, e tanto Aslam quanto a Feiticeira Branca e os quatro reis irmãos Filhos de Adão e Eva não passam de uma lenda para grande parte dos novos narnianos.
  Um novo povo reina em Nárnia, há muitos anos Caspian, o Conquistador tomou Nárnia para seu povo, os telmarinos, e anos e anos se passaram, Caspian IX morreu com seu filho, Caspian X, ainda muito pequeno e seu irmão se "aproveitou" disso para tomar o trono para sí.
  A história é muito empolgante e assim como outras traz algumas mensagens bacanas nas entrelinhas, assim como O Cavalo e seu Menino também já tem uma linguagem menos infantil, o que só me fez gostar ainda mais, é sem dúvida, como eu já disse, a melhor de todas as histórias do livro até o momento.


Nenhum comentário:

Postar um comentário



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...