domingo, 20 de julho de 2014

[Breve Comentário] As Aventuras do Sr. Pickwick - Charles Dickens

  Vocês podem imaginar minha indignação quando termino de ler o livro e percebo que ele é apenas o volume 1, e o quanto a indignação cresceu quando fui na biblioteca e descobri que eles não tinham o volume 2. Será possível que nunca vou conseguir ler algo inteiro do Dickens T-T.
  Como não li o livro inteiro não tenho como falar dele como um todo, assim sendo vou fazer um breve comentário sobre a primeira parte da história (já que foi tudo que li :/)
  A história é reescrita a partir do caderno de anotações do Sr. Pickwick e dos membros de seu clube, cadernos esses que parecem ter sido encontrados por grandes admiradores do Sr. Pickwick, admirador esse que é o nosso narrador.
  Ele meio que nos cansa se referindo ao Sr. Pickwick como "Esse homem de espírito gigantesco" "Esse homem de generosidade ímpar" e por aí vai, tá, o Sr. Pickwick  é realmente uma pessoa admirável, mas poxa Dickens, nos mostre isso nas ações do personagem, não estou dizendo que as ações de Pickwick não nos fazem admirá-lo, mas o narrador exaltando ele a cada frase me irritou um pouco.
  a história é uma viagem do Sr. Pickwick com alguns membros do seu clube, os personagens que eles encontram nessa viagem são o melhor de tudo, um cara que não consegue terminar uma frase e já começa outra, que fala muito e rápido demais para poder ser entendido, a "tia solteirona" nos proporciona um momento muito cômico, ela foge com um rapaz que a engana e quando o irmão vai atrás dela com o Sr. Pickwick e o Sr. Snodgrass o rapaz fala que ela foi com ele por livre e espontânea vontade e ninguém pode obrigá-la a voltar pois ela e dona de si, já tem mais de 21 anos e o irmão indignado diz "mais de 21? Ela tem mais de 41! mais de 50 até"
  Há também um criado gordo e dorminhoco (sobrenaturalmente dorminhoco) chamado Joe que nos faz rir bastante. A narrativa não é das mais fáceis e a letra dessa edição é minúscula, o que cansa e atrasa a leitura, mas espero ter a oportunidade de ler o livro completo futuramente.
Quotes:
"Estar diante das luzes da ribata é o mesmo que assistir a uma reunião da corte e admirar os vestidos de seda da multidão faltosa; estar atrás delas é ser o fabricante dessas pompas, desprezado e desconhecido, que pode afundar ou nadar, morrer à míngua ou viver, como quiser a fortuna."31
"Céus! Que não daria eu para que me devolvessem os dias da minha infância, ou para que pudesse esquecê-los para sempre." 48
 Tem uma outra parte que gostei muito mas não anotei onde um homem fala algo sobre as mulheres serem a grande alegria e alguma outra coisa dos homens e outro responde:
"Isso é verdade"
"Quando estão de bom humor" o primeiro conclui
"Isso também é verdade."

  Resumindo o breve (sqn) comentário: é um livro que nos diverte e nos faz rir, a história não é a mais incrível já escrita mas é atraente e interessante, personagens bem construídos e divertidos, situações cômicas bizarras mas possíveis.

10 comentários:

  1. Não sei, mas não me atraiu muito, haha. Só pelo fato de você não ter concluído, e dizer que uma partes são cansativas já me deixou um pouco desanimado. Por outro lado não curto muito esse tipo de história, meu forte são os suspenses!
    Que a força esteja com você!
    http://www.paradageek.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei como é, nem todo mundo se dá bem com o estilo desses livros mais antigos, eu mesmo comecei a lê-los a pouco tempo, também adoro um suspense, romance policial e terror psicológico, mas de um tempo pra cá tenho me apegado a todo o tipo de livro, só não engulo erotismo, romance e auto-ajuda :p

      Excluir
  2. Fiquei interessada pela estória. Ainda não li nada do Dickens, mas tenho "Grandes esperanças" aqui, que comprei na Bienal de 2012, mas ainda está na fila... Vou procurar esse para ler, acho que vou gostar. E boa sorte na busca pelo volume 2.


    http://seiqueeusei.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. meu sonho é ler Grandes Esperanças

      Excluir
  3. Caramba! Amei, só não a grande exaltação do narrador ao protagonista, isso deve ser ruim por demais! Rs' AAAAAh, eu também tenho a maior vontade de ler Grandes Esperanças desde que, um belo dia, eu me peguei assistindo á um longa com dois episódios sobre o livro, só assisti o primeiro e fiquei me coçando pra assistir ao segundo, mas prefiro esperar pelo livro, que é, ooooó, grandão!

    http://gabryelfellipeealgo.blogspot.com.br/
    El Costa, do Confins Literários.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, é bem grandinho, não tenho a mais vaga noção do que fala a história mas isso nunca me impediu de querer ler um livro

      Excluir
  4. Nossa, já li Grandes Esperanças do Dickens e só sei que PRECISO ler tudo que esse cara já escreveu! E sr. Pickwick parece ser o livro mais descontraído dele e bem pra se divertir, to louca pra ler!! bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sei como é... estou louco para ler Grandes Esperanças, eu li uma adaptação de David Coopperfield e achei divertidíssimo também, os livros dele estão na minha meta de vida também ;)

      Excluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...