sábado, 6 de setembro de 2014

[Surtando²]Filme do melhor livro já escrito na história

  Gente do céu, vocês precisavam ver a minha cara quando, passeando pelo Facebook (sempre que tem "surtando" no título eu falo que estava passeando pelo Face né?!) levantou uma "janelinha de notificação" do uma postagem da editora Rocco, e quando vi o começo da mensagem já falei "AH, MEU DEUS!!!!!!!!"... tudo que vi foi "Filmagens de A Luz Entre Oceanos..." e corri pra ver a matéria no site da editora...


    Basicamente, a matéria fala que o filme baseado no livro lindo, maravilhoso, perfeito, idolatrado, perfeito, instigante, perfeito e... já disse que é perfeito? de estréia da escritora australiana que tem meu amor eterno M. L. Stedman começa a ser gravado no final desse mês na Nova Zelândia.
M. L Stedman te amo moça
  Ele é um projeto da DreamWorks (porque é o sonho da minha vida ver esse filme, e se eles estragarem a história vocês verão a vastidão da minha ira) e será produzido por Jeffrey Clifford, que também produziu Amor sem Escalas (que nunca vi mas, apesar do nome repelente, vou procurar pra conhecer o trabalho do cara) e David Heyaman, um velho conhecido de muitos de vocês (mas não de mim) pelos 8 filmes da série Harry Potter e também pelo seu trabalho mais recente na produção do filme Gravidade. Será dirigido por Derek Cianfrance, de Namorados Para Sempre (outro filme que nunca vi) e protagonizado (agora vem a parte que me acalenta o coração de que não estragarão, pelo menos os personagens... pelo menos ao que depender dos atores) Michael Fassbender (o Magneto jovem dos últimos filmes dos X-men), Rachel Weisz, que eu não conheço mas ganhou o Oscar pelo filme Jardineiro Fiel (outro que vou ter que assistir) e Alicia Vikander, de O Amante da Rainha (que também não conheço... ops!).
   Ainda na matéria no site da editora vemos que o livro surpreendeu o mercado editorial com a velocidade espantosa em que alcançou "os mais cobiçados rankings de venda no mundo". Já são mais de 1,75 milhão de exemplares comercializados em mais de 25 países.
Fonte: Editora Rocco.

  Aproveitando que estamos falando de amor e perfeição do livro, vou fazer um breve comentário que será "marromeno" uma opinião, estava vendo a que escrevi quando eu li e não acho que ela faça jus ao maravilhoso livro ao qual me refiro... Tudo bem que nada que eu fale vai conseguir demonstrar o quanto amo essa história, mas vamos lá...
  
  A história narra a vida de Tom Sherbourne, um combatente da Grande Guerra que tem a sorte de voltar para casa inteiro, chegando na Austrália, na sua cidade mesmo, a qual já não me lembro o nome, salva uma jovem dos "gracejos" de alguns homens da cidade, a jovem fica "eternamente grata" e cada um segue seu caminho. Tom precisa de emprego, e mesmo já tendo se encantado com uma outra jovem da cidade vai trabalhar como faroleiro em uma ilha isolada da costa australiana, com esse livro eu pude ver o quanto a vida de um faroleiro é monótona, além de cuidar do farol ele precisa comunicar a central tudo, absolutamente tudo que acontece na ilha e em seus arredores: apareceu um barril flutuando, manda mensagem para a central falando que apareceu um barril assim, assim, assado a tal distância da ilha a tal hora do dia e o vento no momento estava soprando em tal direção a tal velocidade, acho que deu pra entender né.
  A moça por quem ele se encantou se chama Isabel, é filha de um homem importante da cidade, pelo que me lembro (preciso reler logo... mas ele está emprestado :/ ) e resolve abrir mão da sua vida de mordomias e casar-se com Tom e ir morar com ele na ilha, o anos passam, o casamento anda muito bem, obrigado. Mas Isabel não consegue manter nenhuma gravidez, e até isso ele precisa comunicar à central.
  Certo dia, logo após Isabel sofrer mais um aborto espontâneo, aparece um barco naufragado na costa da ilha, com um homem morto e um bebê recém-nascido ainda vivo...
  Eu queria basicamente dar uma sinopse do livro, mas vale comentar também que a narrativa torna interessante até as notificações que Tom precisa dar à central (não me lembro se esse é realmente o nome do escritório ao qual ele avisa sobre tudo), com descrições tranquilas, sem muitas divagações e explorando a mente ferida de Tom pela guerra.

  O último sorteio de melhores do ano será o sorteio desse livro. Nossa! Mas por que só o último? Para encerrar com chave de ouro branco cravejada de diamantes, rubis e safiras u.u

6 comentários:

  1. Olá, Rudi!
    Quando vi a sua publicação no face, confesso que até eu que não li o livro fiquei animada para ler a assistir ao filme...rs. Foi realmente contagiante! HAHA...
    Senti-me uma E.T. por não conhecer essa obra.

    Beijos,
    Nina & Suas Letras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk acho que me empolguei um pouco né :p
      Você acredita que, segundo o Skoob, apenas 86 pessoas leram? Dessas 86 só 72 avaliaram, a nota média é 4.3, e na boa, acho a nota meio injusta, apensa 1% das pessoas deram 2 estrelas, ninguém qualificou apenas com uma, e é a primeira vez que vejo isso, facilmente justificável se considerarmos que o livro é perfeito...
      Deixando as divagações de lado, pouca gente leu, mas quem leu gostou (pelo menos a maioria esmagadora :p)

      Excluir
  2. E fui eu que ganhei :D
    E me apaixonei também quem fara Lulu farol?

    ResponderExcluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...