quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

[Opinião] O Palácio da Meia-Noite - Carlos Ruiz Zafón


Editora: Suma de Letras

N° de Páginas: 271

Citação:

Existem duas coisas na vida que a gente não pode escolher. A primeira são os inimigos. A segunda, a família. Às vezes a diferença entre uns e outros é difícil de ver, mas o tempo ensina que, afinal de contas, suas cartas sempre poderiam ter sido piores. A vida é como a primeira partida de xadrez: quando você começa a entender como as peças se movem, já perdeu a partida."

Sinopse:
  Calcutá, 1932. O coração das trevas. Um trem em chamas atravessa a cidade e um espectro de fogo semeia o terror nas sombras da noite. Mas isso é apenas o começo. 
  Ben e Sheere são irmão gêmeos cujos caminhos se separaram logo após o nascimento: ele passou a infância num orfanato, enquanto ela seguiu uma vida errante junto à avó, Aryami Bosé. Os dois se reencontraram quando estão prestes a fazer 16 anos: juntos precisam escapar das garras de Jawahal, um espírito diabólico.
  Os irmão contarão com a ajuda da Chowbar Society, o grupo formado por Ben e outros seis órfãos que se reúnem no Palácio da Meia-Noite, e que prometeram ajudar e proteger uns aos outros em qualquer situação. Velhas histórias de família, há muito esquecidas, levam os adolescentes até as ruínas da velha estação ferroviária de Jheeter's Gate, onde terão de prestar contas com o passado e enfrentar o temível Pássaro de Fogo.

Opinião:
  É tão difícil começar a falar de um livro do Zafón, esse já é o terceiro que leio do autor, e é o segundo que mais gostei.
  A história começa no que parece ser o dia do nascimento de um casal de gêmeos, e conta toda a luta de um certo homem para salvar a vida desses bebês, quem conta a história, praticamente inteira em terceira pessoa, é Ian, que no começo dá a entender ser o único sobrevivente dos acontecimentos que irá narrar, se isso é ou não um fato só saberemos no final do livro.
  Mais uma vez temos uma história antiga influenciando os personagens no presente, mas diferente de Marina, essa história antiga tem ligação com os protagonistas então simplesmente não se meter nela não pouparia os mesmos...
  A narrativa refinada e única do Zafón já faz com que ler uma história mediana se torne uma incrível experiência, mas a incrível imaginação do autor se junta a sua narrativa inigualável e cria maravilhosas obras de arte, e esse livro é, sem dúvida, uma delas.


Um Comentário com Spoiler
O livro todo eu fiquei intrigado com a semelhança do nome do pai dos gêmeos, Lahawaj, com o nome do vilão, Jawahal. mas em momento algum eu imaginei que quem estava tentando matá-los era o espírito enlouquecido do próprio pai. O modo como Ian, em primeira pessoa, fecha a história, encerra o livro é simplesmente incrível, um verdadeiro toque de mestre, ligando todos os pontos e respondendo todas as perguntas que poderiam surgir. simplesmente incrível.

terça-feira, 27 de janeiro de 2015

[Opinião] Oráculo - Superinteressante


Editora: Abril

N° de Páginas: 436

Citação:
Porque gostamos de cheiro de livro novo?
Por causa do cérebro. O hipotálamo, parte responsável pelos sentidos, guarda memórias emocionais. Na primeira vez que se sente um cheiro, ele fica associado ao que se pensou na hora. Quem gosta de cheiro de livro novo liga isso à aquisição de conhecimento e ao prazer da boa leitura.
Cheire esta página.
De nada.

Sinopse:
  O Oráculo é o detentor da sapiência infinita, a luz que rasga as trevas da ignorância, o guru deitado eternamente no berço esplêndido do conhecimento. E também é uma da seções mais queridas da SUPER. 
  O Oráculo nasceu em 2009 para responder às perguntas mais inquietantes e criativas dos leitores, com doses iguais de precisão e bom humor. Este livro é a seleção das melhores respostas - reeditadas, revistas e, como sempre, 100% livres de chatice.

Opinião:
  A minha revista favorita é a Super Interessante, e o Oráculo é a minha coluna favorita da revista, então eu não exitei na hora que vi esse livro, tá que o acabamento dele é porco, com uma capa molenga que quase rasga só de olhar pra ele a lombada perdeu boa parte da tinta e as bordas todas se desgastaram, até a da primeira capa que tem orelha, imagina a quarta, que não tem....
  O livro reúne 618 perguntas enviadas por leitores, respondidas com todo o bom humor e um dócil vocabulário equino pelo pessoal da redação da SUPER, que não exita em alfinetar até os aposentos da editora, além das 618 respostas o livro ainda esclarece algumas dúvidas que podem surgir decorrente às respostas que são dadas.
  Algumas perguntas não podem ser descritas de outra forma além de desnecessárias, perguntas de adolescentes que vivem eternamente no cio e envolvem basicamente genitálias e suas funções, e pinguços que só querem saber de pinga, mas em sua maioria são perguntas que fazem jus serem publicadas na revista, e consequentemente no livro.
  O acabamento interno, diferente da capa incrivelmente podre de qualidade decepcionante, é muito bem feito, com um papel mais grosso do que o encontrado na maioria dos livros (colando da última página do livro: é o Chambril Avena 80g/m²) com uma margem gigantesca, páginas coloridas e diversos desenhos.
  Um livro incrível, que só perdeu uma estrelas pelo acabamento externo insuperavelmente porco, nem as perguntas estapafúrdias me fizeram tirar uma estrela mas a capa podre sim.
  Um livro pra você adquirir conhecimento e dar boas risadas.


sábado, 24 de janeiro de 2015

[Opinião] Diário do Chaves - Roberto Gómez Bolaños


Editora: Ponto de Leitura (Suma de Letras)

N° de Páginas: 173

Citação:

E algum dia a História terá de registrar tudo o que diz respeito a este fenômeno. Para mim, enquanto isso, fica satisfação de ter participado desta inigualável história, a que dou fé com esse diário."

Sinopse:
  É simplesmente impossível não ficar de bom humor quando alguém se refere ao Chaves da televisão. A graça do personagem vem fazendo o mundo rir há 35 anos! [Quarenta e cinco, a essa altura do campeonato] Mas não é só isso: também faz refletir. A vila em que Chaves mora abriga a ironia e a denúncia social, mas sobretudo a ingenuidade e uma boa dose de ternura.

" - Como você se chama?
  - Dá no mesmo, não?
  - ... O que é que dá no mesmo?
  - Dá no mesmo como eu me chame, mas, se quer saber, todos me chamam de Chaves.
  - Quantos anos você tem? - Continuei
  - Minha idade são os anos que eu tenho.
  - Então, quantos anos você tem?
  - Oito, acho...
  - Onde você nasceu?
  - Não posso me lembrar, porque eu era muito pequenininho quando nasci."

  Os incontáveis fãs do moleque sardento e de sua turma vão se deliciar com as revelações deste diário secreto. E quem, porventura, ainda não foi apresentado à sua vila tem agora uma maravilhosa oportunidade de, "sem querer querendo", descobrir um mundo estranhamente otimista - e divertido!

Opinião:
  Desde a morte do Roberto Bolaños eu tenho muita vontade de ler seus livros, e encontrei esse na biblioteca aqui da cidade. A história é contada como se realmente fosse um diário, com uma introdução do Bolaños como ele mesmo, dizendo como encontrou o tal diário e um "histórico" no final, escrito pela Florinda Meca (que obviamente foi erro de digitação e se trata de Florinda Meza).
  O Diário começa falando como foi o começo de sua vida, com uma mãe que não se importava com ele, com o tempo que ficou em um orfanato, nas ruas, até chegar a vila onde todos o conhecemos, é incrível a forma como ele narra os acontecimentos com uma inocência tocante, como quado ele fala do bom homem que permitia que ele dormisse em um dos carros de sua loja, e ele era tão bom que as vezes permitia que algumas moças pobres também dormissem nos ditos carros, e ainda fazia companhia para elas para que não ficassem com medo durante a noite...
  Grande parte do diário se passa depois de Chaves já ter chagado na vila, então vemos como o Chaves entendia os acontecimentos corriqueiros da vila, que sempre vemos no seriado, além de vários acontecimentos nunca mostrados no seriado.
  É um livro para fãs, mas que toca de maneira incrível, mostrando a inocência e ternura de um pobre menino órfão que nunca pretendeu prejudicar ninguém, mas é claro que, querendo ou não, todos acabamos prejudicando alguém a nossa volta.
  Só não dei cinco estrelas porque não achei a escrita do Chaves lá essas coisas, Quando Bolaños escreve como ele mesmo é muito mais interessante, o que só dá mais mérito ao autor/ator/diretor/poeta/sei lá mais o que, mas ainda assim a sensação de estar lendo um livro escrito por uma criança (que obviamente era o objetivo do autor, e foi alcançado) não me deixou completamente apaixonado pelo livro.


terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Concluindo: Maratona de Verão

  Pois é meu povo... acabou a maratona e não consegui cumprir minha meta, meu final de ano foi até tranquilo, mas o começo é que foi corrido, dos nove só consegui ler quatro e meio, exatamente metade, abaixo estão os livros, na ordem que pretendi lê-los:

  Minha intenção era intercalar um autor que eu conhecia com um que não conhecia, quando vi que não ia conseguir ler As Aventuras de Pi pulei ele e fui direto pro do Zafón que, acreditava eu, conseguiria terminar antes, só não terminei por fatores externos...
  Tem minha opinião no blog sobre Caiu do CéuSeis Anos Depois e À Espera de Um Milagre, não falei sobre O Ladrão de Raios porque não achei que valia o tempo de escrever alguma coisa... não gostei do livro....

  Além os quatro livros e meio também li 3 HQs que não estavam na meta, e que não amenizam o fato e eu ter falhado miseravelmente nessa maratona, que são essas abaixo:

E é isso meu povo... vocês estavam participando a maratona? Foram bem ou como eu? Deixem aí nos comentários como anda o ritmo de leitura de vocês e algumas palavras de consolo pra me fazer para de chorar por meu fracasso.
  Grande abraço!!!!

sábado, 17 de janeiro de 2015

[Opinião] À Espera de Um Milagre - Stephen King


Editora: Suma de Letras

N° de Páginas: 399

Citação:
Chefe, estou muito cansado da dor que escuto e que sinto. Estou cansado de andar vagando, sozinho como um pardal na chuva. Sem nunca ter nenhum companheiro pra ir junto comigo nem pra dizer de onde nós estamos vindo nem pra onde vai nem por quê. Estou cansado das pessoas serem más umas com as outras. Sinto como se tivesse cacos de vidro dentro da cabeça. Estou cansado de toda as vezes que tentei ajudar e não pude. Estou cansado de ficar no escuro. Mai que tudo é a dor. Tem demais. Se eu pudesse acabar com ela, acabava. Mas não posso"

Sinopse:
Paul Edgecombe trabalhava no corredor da morte a Penitenciária Cold Mountain. Como superintendente, lutava para que os prisioneiros passassem os últimos dias de vida em paz e tivessem e humanidade preservada. Seus princípios e sua perspectiva sobre a vida sempre foram muito claros - até o dia em que conheceu o gigante John Coffey, acusado de estuprar e matar duas gêmeas de nove anos.
  Apesar das evidências, Edgecombe via algo em Coffey que não combinava com a imagem do demônio. Algo que o fazia suspeitar de que a história poderia ser outra. E suas dúvidas se intensificaram quando soube que ele tinha incríveis poderes sobrenaturais.
  Foi no corredor da morte, nesse lugar de acerto final, que Edgecombe descobriu a verdade sobre o dom do prisioneiro, uma verdade que abalaria tudo aquilo em que acreditou. Apenas décadas mais tarde, momento em que a narrativa se passa, ele revela o segredo que guardou durante toda a vida.

Opinião:
  Confesso que tinha muito medo desse livro, não é segredo pra ninguém que adoro Stephen King, mas esse livro me chamava e assustava antes de ter lido, eu já conhecia a historia, assisti o filme várias vezes e sabia que ele não tinha nada lá muito macabro, e também sabia que o livro era em primeira pessoa, o que me dava mais receio ainda, pois nenhum dos 8 livros que já tinha lido do autor trazia esse tipo de narrativa então confesso que não tinha muita confiança no mestre usando esse recurso, mas quebrei a cara, o livro é simplesmente incrível.
  A história acho que todo mundo já conhece, então não vou prolongar a postagem falando dela, mas a forma como foi contada, minha gente, toca fundo. A história alterna entre os anos 30, enquanto Paul ainda trabalhava na penitenciária estadual e nos dias atuais com ele vivendo no asilo Georgia Pines.
  O livro tem muito daquela coisa de alguém contando uma história que realmente aconteceu, tipo : "Aí ele comprou um carro que bateu e destruiu totalmente 10 anos depois, mas estou me adiantando, antes disso..." e sabemos que o narrador sobreviveu mais do que muitos (pra não dizer todos) dos outros personagens então nos conta como cada um morreu, pelo menos aqueles que ele mesmo soube.
  Dentre os muitos temas abordados no livro estão os maus tratos a idosos e a preservação da humanidade para presos condenados, vemos também como a sociedade da época (1932, pra quem esqueceu) era racista.
  O livro tem o tom macabro característico do autor, mas bem mais suave, apesar de uma parte ter me lembrado bastante de O Exorcista, o livro mistura um pouco de horror com bastante suspense, mistério, drama, um pouco de romance e até uma pitada de comédia, duvido muito que alguém não se encante com ele.
  O livro foi originalmente publicado em uma série de 6 volumes, um cara que meio que trabalhava (ou ainda trabalha, sei lá) com/para o SK sugeriu que escrevesse um livro a moda Charles Dickens, em volumes, e acabou dando super certo, é bem diferente de tudo que já li do autor, mas isso não quer dizer que não seja incrível, muito pelo contrário, talvez seja ainda melhor que os outros.

  Me juguem, mas eu chorei u.u

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

[Lista] Livros mais desejados

  O número de livros que quero muito ler e ainda nõ possuo é grande, mas dentre esses alguns se destacam, são esses aí de baixo:

  Não colocarei os óbvios (livros do Harlan Coben, Zafón, Stephen King, Sidney Sheldon)


01. O Toque da Vampira - Christine Woodward


  Não é segredo pra ninguém que sou um grande fã dos x-men, o que nem todo mundo sabe é que a minha personagem favorita da equipe é a Anna Marie, mais conhecida como Vampira, a um tempo atrás eu vi um Hiperdrive no canal do Omelete onde a mulher falou que esse livro seria lançado em parceria com a editora Novo Século, desde então estou louco por ele, mas ele é bem carinho :x

02. O Mundo Perdido - Arthur Conan Doyle


  Esse livro deu origem a um seriado muito bacana (e maluco) que gosto muito, principalmente por causa dos dinossauros, é uma das aventuras do personagem George Edward Challinger (que provavelmente escrevi errado) e pelo que ouvi será relançado (ou já foi) pela Zahar, o que é ótimo, considerando que é quase impossível encontrá-lo.

03. O Temor do Sábio - Patrick Rothfuss


  Quero muito continuar a história do Kvothe, espero muuuuito que o último livro seja lançado esse ano pra que eu possa lê-lo também (tudo bem que vou precisar de uns seis meses pra ler esse mas enfim...)

04. Os Miseráveis - Victor Hugo


  Sempre tive uma certa curiosidade sobre Os Miseráveis, essa vontade se tornou fascínio e obsceção depois de ver o vídeo da Tati Feltrin falando o quanto o livro é incrível, e essa obseção só aumentou quando vi essa edição lindíssima (que deve pesar meia tonelada) da Martin Claret, ela combina tanto com o meu Os Pilares da Terra (que também é gigante e pesa meia tonelada, lindo, mas é da Rocco e não da MC)

05. Ex-Heróis - Peter Clines


  Não sei muita coisa sobre esse livro, e nem quero saber de nada antes de lê-lo, esse comentário de Ernest Cline: "Os Vingadores encontram The Walking Dead, em uma aventura épica." já é mais que o suficiente para me fazer querer lê-lo.

06. Precisamos Falar Sobre o Kevin - Lionel Shriver


  Outro livro sobre o qual sei pouco, e assim como o anterior também não quero saber de nada antes de lê-lo, Me parece que é sobre uma criança psicopata, mas não tenho absoluta certeza, por favor, não me digam se é ou não isso.

07. O Parque dos Dinossauros - Michael Crichton


  Mais uma vez estou me deixando levar pelo meu fascínio por dinossauros, e daí que eu conheço a história e já assisti ao filme zilhões de vezes? Eu quero o livro u.u

08. 1984 - George Orwell


  Porque é distopia, simples assim, e sei que esse livro é um marco não só na história da literatura, mas na história do mundo, muita coisa foi criada inspirada nessa história (tá que algumas - Big Brother - são ridículas e extremamente desnecessárias).

09. Foras da lei barulhentos, bolhas raivosas e algumas outras coisas que não são tão sinistras, quem sabe, dependendo de como você se sente quanto a lugares que somem, celulares extraviados, seres vindos do espaço, pais que desaparecem no Peru, um homem chamado Lars Farf e outra história que não conseguimos acabar, de modo que talvez você possa quebrar esse galho - ... Uma Porrada de gente


  É um livro de contos, e dentre os autores estão Nick Hornby (continue lendo essa lista) e Neil Gaiman, (Tem o Lemony Snicket, que tem minha eterna antipatia mas enfim...)e mesmo nunca tendo lido nada do Hornby e não achar os contos do Gaiman a coisa mais espetacular de todas gosto de alguns presentes nos livros Coisas Frágeis, e o nome desse livro é simplesmente incrível.

10. Uma Longa Queda - Nick Hornby


  Uma das blogueiras/vlogueiras que mais confio é a Mell Ferraz, do canal e blog Literature-se, e ela falou maravilhas desse livro e do autor o que me fez ter uma vontade imensa de lê-lo, por isso ele figura nessa lista.

  Há muitos outros, mas por enquanto vamos deixar por isso... e vocês? Quais livros vocês andam querendo muito? Quem sabe eu use os comentários de vocês como sugestão para os próximos sorteios ;)

quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Sorteio de aniversário - 2 Anos de Hey Carol!



  Oi meu povo, para comemorar o segundo aniversário do blog Hey Karol! Resolvemos (no caso, a Karol resolveu) fazer um sorteio, e entre outros blogueiros fui convidado a participar, como eu praticamente nunca faço sorteios (cof, cof) resolvi aceitar o convite.
  
  Regrinhas básicas:

1. Preencha corretamente todas as entradas obrigatórias no formulário do Rafflecopter, lembrando que nas que apresentam "visit" É PARA CURTIR - as opcionais dão mais chances para vocês ganhar.
2. Cada pessoa é responsável pelo envio de seu respectivo prêmio, então os livros e brindes chegarão em dias diferentes e não adianta ficar reclamando para cima de uma pessoa só porque não vai dar certo.
3. Um KIT, um vencedor.
4. NÃO SERÃO ACEITOS PERFIS PROMOCIONAIS.
5. Não nos responsabilizamos por extravio dos correios, endereços incorretos e de enviar o livro novamente caso volte para nossas respectivas casas - isso acontece geralmente quando o carteiro vai entregar algo e não há ninguém na residência para receber, e caso ocorra, entre em contato com a pessoa que cedeu o prêmio.
6. Os ganhadores terão 72 horas contadas para entrar em contato após o envio do e-mail, então fique de olho em sua caixa de entrada.
7. É necessário ter um endereço de entrega em território nacional.
8. O prazo de envio dos prêmios é de 60 dias.
9. O período de inscrição tem início hoje, 08 de janeiro de 2015, e término às 23h59 do dia 08 de fevereiro de 2015.
10. O resultado será divulgado, no máximo, 15 dias após o término do sorteio.

E que a sorte esteja sempre ao seu favor!











  E é isso meu povo, não deixem de visitar o blog da Karol pra dar os parabéns pra ela e, claro, participar de todos os kits ;)
 Até!!

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

Aquisições #7 [Nível Geek Freak]

  Então minha gente... a qualidade do vídeo não é das melhores, edição que é bom só tem promessa... mas se vocês tiverem interesse em ver quais foram os livros e quadrinhos não mensais que adquiri/ganhei nesses últimos seis meses é só assistir ao vídeo :)

  Abaixo todos os livros/quadrinhos que aparecem no vídeo, os que já li e falei sobre eles estão linkados com o nome do mesmo (não sei nem se essa expressão existe):

Maze Runner - James Dashner
Sushi - Marian Keyes
O Planeta dos Macacos - Pierre Boulle
Notas do Subsolo e O Grande Inquisidor - Fiódor Dostoiévski
Put Some Farofa - Gregorio Duvivier
As Esganadas - Jô Soares
Champion - Marie Lu
A Espada de Kuromori - Jason Rohan
O Palácio Da Meia-Noite - Carlos Ruiz Zafón (Falei sobre O Príncipe da Névoa)
1 Página de Cada Vez - Adam J. Kurtz
Cem Anos de Solidão - Gabriel García Márquez
O Guia Do Mochileiro das Galáxias - Douglas Adams
O Doador de Memórias - Lois Lowry
Ao Meu Ídolo, Com Amor - Mariana Pereira
Mutante - Peter Clement
A História do Mundo em 100 objetos
Star Wars: O Caminho Jedi
Corajosos - Randy Alcorn
As Aventuras de Pi - Yann Martel
A Namorada do Meu Amigo - Graciela Mayrink
A Garota Que eu Quero - Markus Zusak
Caiu do Céu - Heidi W. Durrow
Marina - Carlos Ruiz Zafón
O Lago Místico - Kristin Hannah
Não conte A Ninguém - Harlan Coben
Cilada - Harlan Coben
Seis Anos Depois - Harlan Coben
Quebra de Confiança - Harlan Coben
Assassin's Creed: Unity - Oliver Bowden
The Walking Dead: A Queda do Governador - Parte 2 - Robert Kirkman e Jay Bonansinga
A Ira Dos Anjos - Sidney Sheldon
As Areias do Tempo - Sidney Sheldon
Se Houver Amanhã - Sidney Sheldon
Um Capricho dos Deuses - Sidney Sheldon
O Apanhador de Sonhos - Stephen King
À Espera de Um Milagre - Stephen King
Misery - Stephen King
Os Olhos do Dragão - Stephen King
Carrie, A Estranha - Stephen King
Doutor Sono - Stephen King
It: A Coisa - Stephen King
Sob a Redoma - Stephen King
Feliz Por Nada - Martha Medeiros
Malícia - Chris Wooding
Os Deixados Para Trás (esqueci de mostrar)
Oráculo (também esqueci)

HQs e Mangás

Hideout - Masasumi Kakizaki
All You Need is Kill
X-Men Atração Fatal 1, 2 e 3
Guardiões da Galáxia: Vingadores Cósmicos
Homem-Animal: Espécie Anormal (esqueci de mostrar)
Homem-Animal: Evolua ou Morra
Os Fabulosos X-Men: A Saga da Fênix Negra
Guerra Civil
Biblioteca História Marvel: Os X-Men
Sandman O Teatro do Mistério: O Tarântula
Sandman: Noites sem Fim
Bidu: Caminhos (esqueci de mostrar)
Astronauta: Singularidade
Batman: A Corte das Corujas
Lanterna Verde: A Guerra dos Anéis 1 e 2
Shazam e a Sociedade dos Monstros


Obrigado meu povo, desculpa a demora em colocar os links.

sábado, 3 de janeiro de 2015

Resultado: Promoção de Natal


  E chegou ao fim o primeiro sorteio (que palavra que eu posso usar?) colaborativo do blog, a Sharon organizou e convidou alguns blogs para participar, enfim já tá tudo explicado aqui.
   E os vencedores foram:
  1 - Elizabeth Machado Salles
  2 - Geórgia Alice Germer
  3 - Joicy Borges
  4 - Vivi Lemes

 Parabéns a todas (essas mulheres tem muita sorte em sorteios) 


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...