sábado, 31 de outubro de 2015

[Opinião] O Vilarejo - Raphael Montes

Editora: Suma de Letras

N° de Páginas: 93

Citação:

O Velho estava certo. O vilarejo está sendo dizimado dia após dia. O luto sentou-se a mesa. Ninguém chora os mortos. Não podem desperdiçar energia lamentando a partida dos que não suportaram o frio e a fome.''

Sinopse:
  Um vilarejo que sumiu do mapa.
  O tempo o apagou do mundo, da história, da mente das pessoas. A única prova de que o local existiu é a vida de seus moradores, as histórias que ficaram registradas em um caderno com ilustrações macabras. Explore um lugar perdido no passado e, através de um quebra-cabeça cheio de surpresas, conheça o destino de seus habitantes, há muito esquecidos.

Opinião:
  Esse negócio não é de Deus, não.
  Vocês já devem saber que esse livro reúne 7 contos, cada um tendo um dos 7 pecados capitais como plano de fundo e que todos os contos se passam no tal vilarejo. Então vamos direto ao que você talvez não saiba: Todos os contos, unidos, formam uma narrativa quase linear, ambos apresentados no mesmo conto, e todos os outros se passam nesse meio tempo.
  Tanto o prefácio quanto o posfácio complementam brilhantemente a história, história essa que nos narra o declínio desse vilarejo.
  Os contos visam, principalmente, chocar, e fazem isso muito bem fazendo uso de várias cenas que causam repúdio no leitor, mas que também nos fazem refletir bastante.
  Nos fazem ver que todo o pecado trás uma consequência, uma consequência destruidora, e nos faz pensar em onde temos errado e tentar melhorar antes que nos tornemos pessoas horríveis capazes de atos atrozes, como as do livro.
  Mas se você não estiver querendo refletir, pode ler como qualquer outra história de terror, ela é muito boa nisso também.
  A edição do livro dispensa comentários, e eu não aconselho você a ver as imagens antes de chegar nelas no decorrer da leitura, principalmente a última, tudo terá um impacto muito mais interessante se não "trapacear" nessa parte.
  O autor escreve muito bem, se antes eu já queria ler os outros livros dele, agora nem se fala. Esse é um bom livro, frenético, assustador e reflexivo. Pode ser o livro favorito de alguém, mas não chegou a tanto pra mim, não sei se por já ser "velho de estrada" no gênero, mas achei algumas coisas meio previsíveis e levemente manchadas, tipo uma calça velha com uma cor nova.

2 comentários:

  1. Oi Rudi, tinha visto esse livro não lembro onde e queria mesmo te perguntar se você já tinha lido...
    Ah, só pra vc saber tô acompanhando o blog, mas é pelo celular, e por lá não consigo comentar... mas tô sempre por aqui tá!
    Abraço!
    (dê um abração na Silvia por mim, diz que tô com saudade)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkk tô sabendo Gih,
      Pode deixar que dou sim

      Excluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...