segunda-feira, 25 de abril de 2016

[Opinião] Doutor Sono - Stephen King

Editora: Suma de Letras

N° de Páginas: 475

Citação:
Ela estava acordada, deitada ali no berço, olhando para a gente. Sabe, com aqueles olhinhos sábios que bebês têm. [...] Como se pudessem contar todos os segredos do universo se ao menos soubessem falar. Havia ocasiões em que ele acreditava mesmo nisso, só que Deus arranjara as coisas de tal modo que, quando eles conseguissem superar o gugu-dadá, já tinham esquecido tudo, do mesmo modo que esquecemos até os sonhos mais nítidos poucas horas depois de acordar."

Sinopse:
  Mais de trinta anos depois, Stephen King revela a seus leitores o que aconteceu a Danny Torrance, o garoto no centro de O Iluminado, depois de sua terrível experiência no Hotel Overlook. Em Doutor Sono, King dá continuidade a essa história, contando a vida de Dan, agora um homem de meia-idade, e Abra Stone, uma menina de 12 anos com um grande poder. Seus destinos se cruzam com uma tribo chamada Verdadeiro Nó, que viaja em trailers pelas rodovias da América. Eles parecem inofensivos - em sua maioria idosos, com roupas fora de moda, vivendo vidas nômades. Mas como Dan sabe, e Abra logo irá descobrir, o Verdadeiro Nó é um grupo quase imortal, que se alimenta do vapor exalado por crianças iluminadas quando são lentamente torturadas até a morte.

Opinião:
  A pulga que ficou atrás da orelha de muita gente ao terminar O Iluminado foi: que final feliz, o que será que aconteceu com ele depois disso?
  Ou, no meu caso: adorei a história, quero ler mais coisas desse autor, já que esses personagens simplesmente viraram fumaça (ou vapor, pra contextualizar com esse livro) logo que virei a última página.
  Mas para sanar a curiosidade de todos nós, o mestre resolve escrever uma continuação... mas sem o terror característico de seu antecessor...
  Logo no início da história vemos que, apesar do final feliz de O Iluminado (Ah, você não sabia que O Iluminado tinha um final feliz? Talvez isso não seja bem verdade), a vida de Danny não anda as mil maravilhas - ATENÇÃO: A próxima frase pode conter spoiler do primeiro livro. - alguns fantasmas do Overlook continuam perseguindo o garoto depois de ele ter, meio que, explodido ser "lar".
  A primeira parte do livro foi minha favorita, acompanhamos o crescimento de Dan, descobrimos que a iluminação é algo que enfraquece com o passar dos anos e também vemos que ele se torna um belo rapaz de índole questionável... na verdade um babaca desprezível.
  Ver a vida de um alcoólatra se tornando um ex-alcoólatra é a parte mais interessante do livro, que tem suas parte com ação e suspense, mas é majoritariamente (E o King nunca vai ler isso então posso usar advérbios a vontade), drama. E confesso que prefiro os dramas do autor aos thrilllers.
  Certas coisas me incomodaram... então vamos deixar avisado que a partir de agora vou dar alguns pequenos spoilers, nada muito comprometedor, só para ressaltar alguns pontos irritantes no roteiro da história.
 O tal do Verdadeiro Nó, como diz na sinopse, se alimenta do "vapor" de crianças iluminadas. Eles não são mais humanos, em determinado momento do livro presenciamos uma "transformação" nessas criaturas, ou seja lá o que forem. O fato é que uma dessas crianças iluminadas tinha catapora (ou sarampo) quando foi "aspirada" e os membros da dita tribo, que são, supostamente, imortais, começam a morrer por causa da doença... Como se isso não bastasse eles se empenham ainda mais na captura de Abra porque ela pode, e isso é apenas uma hipótese, ter sido vacinada contra a doença e nesse caso o vapor dela os curaria. Sério isso King?
  Em suma (e é sempre estranho falar isso quando estou opinando sobre um livro dessa editora), é um livro para fãs de O Iluminado, pois em diversos momentos somos remetidos a cenas clássicas do livro. Não só pelas memórias do protagonista mas também por lugares revisitados depois de tanto tempo. É um livro que tem sim o "Selo King de Qualidade" mas que dá umas sérias escorregadas em alguns momentos.


2 comentários:

  1. amo os livros do King, estou tentando ler esse a um bom tempo porém, nada. Só li as primeiras páginas e abandonei, não por eu não ter gostado mas acredito que não rolou a química, sabe? kkkk

    lendocomela.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo Micaela,
      Por boa parte do livro eu achei que ele poderia se tornar um dos, se não o, melhores que li do autor, mas devido a algumas "escorregadas" no decorrer do livro fez com que ele ficasse apenas entre os 10 mais

      Excluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...