quarta-feira, 13 de abril de 2016

[TAG] Fairy Tail

  Oi povo,
  Como vocês viram aqui, Fairy Tail é um dos meus mangás favoritos. E por isso hoje vim criar um TAG onde vou comparar os personagens do mangá com livros ou seus personagens... Assim sendo, vamos lá.

  Para ver minha opinião para os livros citados é só clicar em suas respectivas fotos ;)

01. Natsu - Um livro forte com foco em uma família

  Natsu é um dos protagonistas do mangá e boa parte da história se desenrola graças a sua família, ele fala com bastante afeto do pai, Igneel, que na verdade é um imenso dragão de fogo.
  Com certeza é Dois Rios da T. Greenwood, Um livro sobre uma família esfacelada, narrado por um homem inconformado com o mistério que envolve a morte da mãe, a injustiça que tirou a vida da sua esposa e o mistério que envolve a nova amiga da filha. É um livro que li a cerca de 3 anos atras e ainda me lembro vividamente de vários detalhes (inclusive do "Meus olhos por causa ardiam da água do rio" ótima revisão, pessoal, ótima) e acima de tudo é um livro incrível.

02. Lucy - Um livro "fraco" mas com personagens incríveis


  O fraco está entre aspas porque Lucy não é exatamente fraca, mas né.... dentre os outros personagens ela é a menos eficaz em embates, seu poder consiste em invocar criaturas, normalmente do zodíaco, mas nem essas criaturas são lá muito fortes. Mas ela é uma peça fundamental na história e, com certeza, a mais fácil de se apegar e se identificar.
  Enfim, Arkansas é um livro incrivelmente maçante e cato, mas possui dois protagonistas impagáveis, Kyle e Swin são incrivelmente cativantes e até tem uma história bacana, mas incrivelmente mal escrita.

03. Gray - Um personagem traumatizado

  Charlie, de As Vantagens de Ser Invisível tem um trauma que instalou nele uma timidez desmedida, um carinho incomum e uma confusão angustiante. No caso dele nenhuma criatura gigante matou sua tutora que tentou detê-la depois que seu imaturo aprendiz a conjurou só para provar sua força (e acabou percebendo que não era tão forte)

04. Erza/Elza - Um livro que impõe respeito

  O Nome do Vento é um livro que impõe respeito não só pelo seu tamanho, mas pela fantástica construção de mundo e magnífico desenvolvimento de personagens.

05. Wendy - Um livro aparentemente bonitinho mas que te sacudiu

  O Oceano no Fim do Caminho parece uma história fofa sobre nostalgia e memórias da infância, mas sob a superfície é uma forte trama sobre a fantasia que as crianças usam como anestesia para disfarçar o mundo que se despedaça a sua volta.

06. Gajeel - Um livro que você precisou insistir para gostar

  Pra começo de conversa acho esse livro incrível, mas foi difícil. Como vocês devem supor Nas Montanhas da Loucura e Outras Histórias de Terror é um livro de contos, e o livro abre com a novela (noveleta) que dá nome ao livro e AH-MEU-DEUS que história enrolada, ela tem sim seus momentos mas é enrolada e cansativa, anda, anda, anda e não chega a lugar nenhum, aí o cara descobre absolutamente tudo sobre a tal civilização misteriosa olhando para os desenhos das paredes... como uma amiga minha costuma dizer: me poupe.

07. Happy - Um livro que não faz sentido

  Para explicar a categoria: Happy é um mago, mas ele é um gato, que nasceu de um ovo de dragão... o que mais faz sentido nele são as asas, afinal é a única "mágica" que já vi ele fazer.
  A Menina Submersa: Memórias é um livro que anda em círculos e mescla realidade, fantasia, alucinações e desejos... se você prestar bastante atenção durante a leitura ele até faz sentido... mas é inegável que ele é extremamente confuso.

08. Minerva - Bonito por fora mas podre por dentro

  Com certeza uma das capas mais bonitas que já vi na vida é a do livro A Maldição do Tigre e ela teve sim, grande peso na hora de realizar a compra. E o livro é realmente muito bom... até a protagonista descobrir que o tigre na verdade é um "lindo príncipe indiano musculoso e com dentes hipnóticamente brancos". Aí o trem descarrilha e a história vira uma cópia mal feita de crepúsculo com uma personagem cheia de mimimi e um triângulo amoroso (coisa que destrói quase toda história). Ouvi dizer que os outros livros são melhores, mas não suporto pensar na possibilidade de ler mais uma fala sequer da tal Kelsey.

09. Mirajane - Um livro que não explora todo o seu potencial

  Mira, para os íntimos, é um das magas mais poderosas que aparece em Fairy Tail, nesse caso ainda bem que ela raramente entra em batalhas porque a forma que ela assume quando parte pra briga é, no mínimo, perturbadora (clica na imagem dela pra ver), e ela prefere ficar servindo de garçonete na guilda do que entrar em missões que exigirão que use seus poderes (acho que até ela tem medo de sua versão cheia de força)
  Mas enfim... um livro que poderia explorar mais seu potencial é O Silêncio do Túmulo, é um livro incrível, mas de suspense policial ela fica devendo bastante.

10. Zeref - Uma sequência que corrigiu os erros de seu antecessor

  Zeref é considerado o mago mais poderoso e maligno do mundo e é inegável que ele já causou muito mal na sua longa vida, mas atualmente ele é só um (aparente) jovem arrependido que se odeia por não conseguir controlar seus poderes (vai buscar poder nas artes das trevas, isso nunca dá certo) e tenta, sem muito sucesso, corrigir seus erros e expiar seus pecados.
  No caso, ainda estou lendo Peter Pan Tem Que Morrer, mas o autor já corrigiu muitos problemas e furos de roteiro que encontrei no livro anterior, falo mais disso quando fizer a "resenha" dele.

11. Juvia - Um autor que, pelos seus livros, pode-se perceber que possui alguma obsessão

  Uma das características mais marcantes de Juvia é sua incontrolável e, por vezes, platônica paixão por Gray. Paixão essa que só pode ser considerada obsessão.
  O que vou falar agora vai soar estranho, mas enfim. Tenho certa carga literária quando o assunto é Harlan Coben e pretendo ler tudo que ele publicar. Mas é inegável a sua obsessão por homens com cerca de 2 metros, musculosos e com ótimo senso de humor: 
Myron Bolitar, Matt Hunter, Jake Fisher e David Back protagonizam alguns de seus livros e provam o que quero dizer, sem mencionar o Win.

  E é isso meu povo, se você conhece ou não Fairy Tail e quiser responder a TAG fique a vontade, em especial gostaria de ver as respostas do Tony, do The Tony Lucas Blog porque sei que ele se interessa pelo universo de Fairy Tail. Também pensei em colocar o Makarov, a Levy, o Elfman, a Mavis, a Cana e o Loki mas aí essa TAG ficaria grande demais :x


2 comentários:

  1. Oi, Rudi! Tudo bem? Ahhhhhh adorei a tag! Super obrigado pela indicação, cara! <3 Já vi que vou ter trabalho em responder algumas perguntas, pois elas foram muito bem pensadas. Parabéns pela criatividade! Ah, dos livros citados, o único que li foi "As Vantagens de Ser Invisível" e super concordo com sua resposta.

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou louco para ver suas respostas. Até eu tive dificuldade para responder a categoria do Zeref.

      Excluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...