quarta-feira, 13 de julho de 2016

[Opinião] O Deserto dos Meus Olhos - Leon Idris

Editora: Publicação independente pela Amazon

N° de Páginas: 456

Quote:
Nossa passagem pelo tempo é tão acelerada e fugaz, somos tão recorrentemente lembrados de que somos provisórios, que acabamos apenas ansiando por eternizar a matéria, nossa matéria e nossa alma noutras matérias. Todas as espécies o fazem inconscientemente por meio do instinto de reprodução. O homem, entretanto, por ser consciente, e pelo maior discernimento da transição daquilo que é impermanente e se findou, teme apaixonadamente a morte e rebela-se de modo mais sofisticado contra essa mortalidade construindo meios que simulem o permanente. É este o motivo, confesso e inconfesso, de todo autor, seja a obra um épico, um conto, um filme, uma música, uma pintura com sangue no interior de uma caverna, um rabisco no assento do ônibus, [...] todas elas ecoam um mesmo medo: o medo de que as ideias, os sentimentos e nós mesmos sejamos passageiros e dispensáveis, como são os segundos."

Book Trailer:


Sinopse:
  Rupert Lang só tem lembranças do que não viveu. Nas entrelinhas do papel em que escreve diariamente, ele busca encontrar o que restou de sua identidade perdida. O leitor de seus escritos é sua única companhia, um confidente capaz de guiá-lo de volta ao que ele foi um dia. Como um romance histórico encerrado numa única mente, o caminho a ser trilhado envolve acontecimentos não registrados nos livros de História; passagens pela corte espanhola do reinado de Isabel II, pelas ruas de Praga de Johannes Kepler e pelos corredores de um templo budista construído em um penhasco na China. Aquilo que poderia ter sido vivido e aquilo que se suspeita partir da imaginação recebem igual valor, desafiando o leitor a confiar no caos e a encontrar respostas e verdades no inverossímil - ou apesar dele. Se a identidade não deixa de existir ao se diluir em fantasias, onde então encontrá-la? Como recompor um indivíduo que se esconde em si, apartado por culpas e medos.

Opinião:
  Enrolei para vir aqui falar desse livro, quase tanto quanto enrolei para finalizar a leitura. E ambas enrolações tem o mesmo motivo. Não queria que terminasse pois estava adorando o livro e sabia que sentiria falta quando ele, enfim, chegasse ao fim. E sempre é difícil falar de algo que gostamos tanto (tenho problemas em expressar afeto).
  Vou falar o mínimo possível da história, um dos motivos desse ser um livro incrível é a forma que os fatos se desenrolam e se conectam, e tudo se conecta, de uma forma ou de outra. Começamos a leitura com o protagonista nos avisando que não tem absoluta certeza, na verdade tem grandes dúvidas, se tudo o que ele contará a seguir realmente aconteceu ou foi tudo uma grande alucinação. Depois disso somos atirados através do tempo e espaço, acompanhando diferentes versões dos mesmos personagens. Como se isso já não nos desse um delicioso nó cerebral, em determinado ponto versões de um determinado tempo-espaço vão parar em outros...
  O resto da história você descobre quando ler... (veja o book trailer e descubra onde comprar o livro).
  A história é conduzida de forma não linear (nem seria possível, diga-se de passagem) e tudo n os é contado por um dos melhores protagonistas que já tive o prazer de conhecer...
  Como já disse é difícil para mim falar desse livro pois tenho certeza que não conseguirei passar nem uma pequena porcentagem do que ele me fez sentir... É um livro que abrange os mais variados assuntos de uma forma única e magnífica. Ele fala sobre o amor, respeito e sabedoria. Expondo, sempre que cabe, um pensamento filosófico sobre a existência de todos nós e o funcionamento da mente humana.
  O livro é revestido em mistério e algo lhe é revelado, essa revelação apenas mostra que a coisa é mais profunda do que imaginávamos, a cada mistério solucionado, outros dois surgem para ocupar o seu lugar, temos reviravoltas, mas nada mirabolante e sem nexo... no final percebemos como fomos facilmente enganados enquanto todas as peças estavam na nossa cara e nem sequer pensamos em virá-las e montar o quebra-cabeça.
  Uma coisa que deve ser salientada é que o livro foi escrito, editado, revisado e produzido pelo Leon, e ele dá show em muito livro de grande editora, não encontrei um errinho sequer, e eu procurei.
  Não vou mentir, não é um livro totalmente fácil, mas ele é compreendido no passar das páginas e ao terminar a única dúvida que fica é quando esse cara vai escrever outro livro para podermos saborear um pouco mais a sua maravilhosa escrita.
  Recomendo fortemente, como a muito não recomendava algo por aqui, e espero que vocês tenham a maravilhosa oportunidade de ler essa maravilha em forma de livro.
  Só pra constar, adorei o título e o sentido dele.



6 comentários:

  1. Oi, tudo bem? Ainda não conhecia seu blog. Achei muito legal o conteúdo. Sobre o livro eu ainda não tinha visto nada sobre ele, parece ser muito bom.

    www.robsonvascovith.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é, realmente, muito bom.
      Seja muito bem-vindo apareça sempre ;)

      Excluir
  2. Oi, Rudi! Tudo bem? Ah, eu fico tão feliz quando vejo um livro de um autor nacional sendo bem elogiado! É muito legal termos esse reconhecimento. E olha, adorei a premissa do livro do Leon. Espero muito lê-lo em breve! :)

    Abraço

    https://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Leon manda muito bem...
      ELe tem alguns contos disponíveis na Amazon também, adoro um chamado Alfred e a Estante, mas todos são muito bons

      Excluir
  3. oooi, tudo bem?
    Confesso que quando comecei a ler achei que a dificuldade para terminar de ler e resenhar era porque não estava gostando da obra. Mas, pelo que pude perceber foi totalmente ao contrário, a obra te cativou e te proporcionou uma experiência bacana com a leitura. Muito bom livros assim.
    A premissa é interessante.

    ÚLTIMAS HORAS PARA PARTICIPAR DA PROMOÇÃO DOIS ANOS DO BLOG BIO-LIVROS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Daniela, o livro é tão incrível que eu não sei se posso colocar em palavras o tanto que ele me cativou

      Excluir



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...